Como é ter um filho em Portugal?

Como é ter um filho em Portugal?

25.05.2020

Se você está planejando uma mudança de país e quer descobrir como é ter um filho em Portugal, hoje vou te contar todos os detalhes dessa aventura louca que é ser mãe (ainda mais no exterior!). Esse é meu texto de estreia aqui no Conexão Europa e espero que você goste dos meus conteúdos!

Como é ter filhos em Portugal?

Eu vim morar em Portugal com meu marido com 27 anos para fazermos Mestrado. Depois de 2 anos completos aqui, decidimos que iríamos ficar mais tempo, sem um prazo definido. Com a chegada dos meus 30 anos e já adaptados ao país, com médico de família e bastante amigos, resolvemos que seria a hora de aumentar nossa família. 

A saúde pública em Portugal é paga, mas funciona muito bem e nós tivemos sorte de ter uma médica de família bastante atenciosa. Os valores dos gastos com saúde em Portugal são acessíveis (média de € 4,50 para consultas e € 18,00 em emergências, que são chamadas de taxas moderadoras – a outra parte fica a cargo do governo). 

Eu comecei a fazer consultas de “Planeamento Familiar” (Planejamento Familiar) que engloba os cuidados da saúde da mulher no meu Centro de Saúde e me preparar para engravidar. 

No Centro de Saúde foi feito o exame papanicolau e a médica me passou a requisição para fazer exames laboratoriais. Alguns meses antes ela também pediu que eu começasse a tomar Ácido Fólico para a preparação para a gestação. 

Poucos meses depois, descobri que estava grávida através de um exame de farmácia e no dia seguinte fui na minha médica de família para confirmar. 

No momento da suspeita, a enfermeira faz um teste de gravidez no Centro de Saúde, bem como um exame de HIV com resultado na hora. Depois da gravidez confirmada, a gestante não paga mais nenhuma consulta, exame, ou taxa moderadora. 

A isenção da taxa moderadora para grávidas em Portugal dura cerca de 12 meses (até o puerpério – o período pós-parto). 

O atendimento médico sempre foi bastante humano e eficiente, em nenhum momento me senti estrangeira, ou tratada de maneira diferente por ser brasileira. 

Se você precisar de assessoria para obtenção do visto para morar em Portugal, entre em contato conosco. 
https://servicos.conexaoeuropa.com.br/portugal-visto-de-residencia

Acompanhamento da gravidez

Para as grávidas saudáveis, o atendimento médico é feito sempre no Centro de Saúde, com consultas de pré-natal uma vez por mês com o médico de família e três ultrassons (com 12, 22 e 32 semanas, em média).

gravidez

Como tive diabete gestacional e hipertensão, fui acompanhada também no Hospital por uma médica obstetra, uma nutricionista e uma endocrinologista, com uma frequência maior. 

Ter um filho em Portugal significa muitos cuidados com a mãe e o bebê. Tudo vai depender da sorte que você vai ter com os médicos que lhe atenderão, mas sem dúvida o Serviço Nacional de Saúde (SNS), funciona muito bem e com protocolos bastante humanos. 

Saiba como funciona o Sistema de Saúde em Portugal.
https://www.conexaoeuropa.com.br/portugal/saiba-como-funciona-o-sistema-de-saude-em-portugal/

Quanto custa ter um filho em Portugal

Se você optar por ter um filho em Portugal no sistema público, não pagará nada pelo parto, pré-natal ou exames. 

Porém, é importante lembrar que antes de ter um filho em Portugal, você já deve ter seu número de utente e ter um médico de família (no meu caso levou um ano para ter um médico disponível na minha cidade – atualmente tem demorado mais). 

Estar adaptado ao país também ajuda bastante para saber onde ir, com quem falar, saber os nomes dos exames, dos remédios e “se sentir de casa”. 

Se puder fazer um planejamento antes de engravidar, melhor pra você, com certeza ficará mais tranquila e segura durante os 9 meses. 

Para o enxoval, o custo vai depender de quanto você deseja gastar, mas em média você pagará os seguintes valores:

  • Carrinho de bebê € 350,00
  • Berço € 150,00
  • Colchão bebê € 70,00 
  • Trocador € 150,00
  • Pacote de fraldas (marca branca supermercado) € 5,99
  • Pacote de fraldas (Dodot – Pampers) € 13,99
  • Lenços umedecidos (chamadas toalhitas em Portugal) € 1,50 
  • Body (conjunto duas unidades) € 6,99
  • Sapatinho de lã € 10,00
  • Chupeta € 3,50
  • Leite de fórmula (caso necessário) – NAN – € 14,50
  • Banheira para bebê € 6,00 

Melhores lojas para fazer o enxoval do bebê em Portugal

Para ter um filho em Portugal você pode preparar o enxoval do bebê nas seguintes lojas:

  • Zippy: loja portuguesa de roupas, sapatos e itens de bebê;
  • IKEA: loja de móveis, com preços bons e design funcional. Ideal para berço, trocador, toalhas, lençóis, banheira, lixeira para o quarto, etc;
  • Continente: supermercado com muitos itens de bebê, desde berço a carrinho, roupinhas, lençóis, etc;
  • Bebitus: site com preços incríveis e produtos de qualidade para bebês.

Benefícios para nascidos em Portugal

Atualmente, os bebês nascidos em Portugal não obtém a nacionalidade portuguesa no nascimento. A lei de nacionalidade portuguesa é por sangue e não por território. 

Hoje em dia é preciso que os pais estrangeiros residam de forma legal em Portugal por pelo menos 2 anos para que o filho nascido em Portugal obtenha a cidadania portuguesa (no caso dos dois pais estrangeiros).

Se um dos pais da criança for português ou ter a cidadania portuguesa, passa para o filho no nascimento. 

Outra vantagem de ter um filho em Portugal é ter acesso gratuito à saúde pública para a criança até ela completar 18 anos. 

Veja também nossos serviços de como obter visto para morar em Portugal.
https://servicos.conexaoeuropa.com.br/como-obter-visto-para-morar-em-portugal

Creches em Portugal

A idade obrigatória para entrada na escola em Portugal é de 4 anos. Por isso, é preciso se planejar para ter um filho em Portugal. Até os 3 anos é bastante difícil encontrar uma creche em Portugal, há poucas vagas e todas elas são pagas. 

As opções de creches em Portugal são: públicas, IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social ou privadas/particulares. Todas as opções são pagas. 

As creches que são públicas ou IPSS, o valor das mensalidades variam de acordo com o IRS (Imposto de Renda) dos pais (em média € 70,00 por mês). Já as creches privadas tem o valor que varia entre € 250,00 a € 300,00 euros por mês.

Assim que você descobrir que está grávida, já pode procurar algumas creches perto do seu bairro e fazer uma pré-inscrição para seu bebê, pois as vagas são bastante concorridas, principalmente nas cidades maiores de Portugal (Lisboa, Porto e Braga). 

Também pode te interessar: Educação infantil em Portugal, saiba como funcionam as creches e escolas. 
https://nacionalidadeportuguesa.com.br/2019/10/06/educacao-infantil-em-portugal-saiba-como-funcionam-creches-e-escolas/

POSTS RELACIONADOS

Empreender

Portugal: Trabalhar no Porto ou Lisboa

11/01/2021
Morar

Porque morar em Coimbra pode ser uma ótima opção

05/01/2021
Morar

Nova lei da nacionalidade portuguesa aprovada pelo presidente

28/12/2020