Abastecer carro em Portugal: saiba como

Abastecer carro em Portugal: saiba como

22.02.2022

Veja todas as curiosidades para abastecer carro em Portugal antes de viajar para o país luso.

Se você vai morar em Portugal, ou visitar o país e alugar um carro, precisa saber como abastecer carro em Portugal e quais as diferenças com o Brasil. Veja a seguir tudo para chegar no país europeu já sabendo o que fazer.

Colorful pump nozzles and gas station background. Lifestyle concept.

Abastecer carro em Portugal: tudo que você precisa saber

Abastecer carro em Portugal é bastante diferente do Brasil. A primeira grande diferença, é que não existe frentista. Você precisa abastecer sozinho o seu carro. 

Esse é um primeiro impacto logo na chegada do país. Outra grande diferença é que ao andar nas autoestradas de Portugal (rodovias com pedágio), você normalmente só tem postos de gasolina a cada 30 quilômetros. Por isso, é preciso sempre manter o tanque mais para cheio.

Os postos de gasolina em Portugal se chamam bombas e normalmente o valor é mais alto nas autoestradas. Abastecer dentro das cidades fica sempre mais barato. Por isso, programe-se antes de pegar estrada. 

Quais os tipos de combustíveis em Portugal?

Aqui em Portugal você vai encontrar nos postos em média cinco tipos de combustíveis. São eles:

  • Gasolina comum (Gasolina 95),
  • Gasolina aditivada (Gasolina 98),
  • Diesel comum (Gasóleo simples),
  • Diesel aditivado (Gasóleo especial) e
  • Gás Natural.

Porém, como em Portugal não existem frentistas e é você que abastece o seu veículo é muito importante saber qual combustível seu veículo utiliza e digo isso para que você não abasteça o seu carro com o combustível errado.

Em caso de dúvida, olhe no documento do veículo e se não conseguir abastecer, você deve pedir ajuda de algum funcionário do posto de gasolina. 

Importante saber que em Portugal não existe o álcool veicular, pois o país não produz cana-de- açúcar para essa finalidade.

Também é possível pesquisar o valor dos combustíveis no site da Direção Geral de Energia e Geologia de Portugal e encontrar os locais mais baratos para abastecer em Portugal.


Seguros Promo

Curiosidades que você deve saber antes de dirigir em Portugal

Antes de você pegar um carro em Portugal e sair dirigindo, confira curiosidades para você não errar:

Portugal o tem aproximadamente 720 quilômetros de comprimento de norte a sul (pelas as autoestradas). Por isso, você consegue atravessar o país europeu em cerca de 7 horas! Super rápido.

A blitz de trânsito em Portugal se chama “Operação STOP”. Sempre que você ver um ou dois policiais na estrada, você deve reduzir a velocidade e ficar atento ao sinal para parar. Vale saber também que se ele pedir para você “soprar o balão” significa que você deve fazer o teste do bafômetro. Existe um teste para saber a quantidade de álcool no sangue e um teste para saber se existiu o consumo de drogas. 

Quando um policial falar para você ligar os quatro piscas, significa ligar o pisca alerta. Já, “acionar o travão” significa frear.

Também é importante saber que, em caso de acidente, o motorista é obrigado e colocar um colete refletivo para poder sair do carro no local acidente. 

Antes de pegar o carro, verifique o colete está no porta-malas, se não é necessário comprar um antes de viajar. 

Outra diferença de dirigir em Portugal é que a colocação e utilização de película nos vidros é terminantemente proibida (a não ser que seja de fábrica) e combatida de forma rígida pelos órgãos de segurança, podendo levar multas altas.

Como morar em Portugal: conheça os vistos.

Leis de trânsito em Portugal: circulação obrigatória pela direita

Importante saber que em Portugal, a circulação de veículos deve ser feita sempre pela direita nas autoestradas. Ou seja, mesmo que a rodovia tenha três, quatro, cinco ou seis pistas e esteja vazia, você deve ficar com o seu carro sempre na pista bem da direita. Deixando a pista da esquerda sempre livre para ultrapassagens. 

Se você for pego, o valor da multa (chamada de coima em Portugal), inicia em € 120 (cento e vinte euros) e pode chegar aos € 600 (seiscentos euros).

Velocidades nas estradas de Portugal

Nas estradas nacionais e nas autoestradas de Portugal, as velocidades máximas e mínimas são diferentes. Nas estradas nacionais, a velocidade máxima é de 70 km/h e a mínima de 50 km/h.

Já nas autoestradas em Portugal a velocidade máxima permitida é de 120 km/h e a mínima varia conforme a pista ocupada, mas estão entre os 50 km/h e os 90 km/h.

As autoestradas são bem mais rápidas que as estradas nacionais, porque elas não tem interrupções. Nas estradas nacionais, você passa por dentro das cidades, precisa parar várias vezes nas faixas de segurança (passadeiras) e nas sinaleiras. 

Descubra as melhores formas de começar uma vida em Portugal.

As Estradas em Portugal 

Em Portugal você encontrará excelentes estradas para dirigir e elas são nomeadas em Nacionais e Autoestradas. Nas estradas nacionais (indicadas pelo “N” nas placas), não existe cobrança de pedágio (chamado de portagem) e elas ligam todo o país.

As vantagens de andar pelas estradas nacionais em Portugal, é que elas passam pelas cidades e aldeias e como a velocidade é baixa, você pode aproveitar para ver as paisagens e parar sempre que desejar, tomar um café em uma padaria, almoçar em uma cidade do interior e fazer uma viagem mais tranquila e sossegada.

Já no caso das autoestradas existe uma cobrança de pedágio (que é alto) e a velocidade máxima é de 120 km/h, ou seja, você atravessar o país em estradas com duas, três ou quatro pistas de forma mais rápida.

Como as autoestradas não passam dentro das cidades portuguesas, o motorista pode se concentrar em apenas dirigir e chegar mais rápido ao seu destino final.

A infraestrutura das autoestradas são ótimas e você encontra postos de combustíveis a cada 30 quilômetros e telefones de socorro em vários locais da estrada.

Pedágio em Portugal

O valor dos pedágios em Portugal não são baixos, principalmente para longas distâncias. Por exemplo, para viajar de Lisboa para o Porto, o viajante terá que desembolsar uma média de € 23,00 somente em pedágio, para ida e mais € 23,00 para a volta. Um total de € 46,00.

Importante saber que os pedágios em Portugal são chamados de portagens, mas funcionam igual no Brasil. É possível instalar o Via Verde, aquele aparelhinho que faz a cobrança automaticamente e possibilita que o motorista não perca tempo parando em cada cobrança e assim, evitando as filas.

Saiba como alugar carro em Portugal.

Os SCUTs de Portugal 

As portagens eletrônicas em Portugal são uma máquina de fazer dinheiro e quem não sabe como funciona, cai na pegadinha. Em Portugal existem os pedágios conhecidos por SCUT que são, basicamente, estruturas de cobrança automática, que não há cobrança na hora.

Porém, o pagamento deve ser feito até 72 horas da passagem pelo SCUT. O valor é baixo, mas se você não paga, vira uma multa. O valor deve ser pago nas redes de pagamento PayShop (tipo lotérica do Brasil) ou nos correios (CTT) buscando pela placa (matrícula) do carro.

Por isso, antes de alugar um carro em Portugal, pergunte se existe a opção do Via Verde instalado. Porque, dessa forma, os SCUTs são debitados diretamente e você não precisa perder tempo, parando para pagar. E também não corre o risco de esquecer de pagar e virar uma multa! 

Leia também: Portugal é seguro para viver?

POSTS RELACIONADOS

Visitar

Como está Portugal com relação a guerra?

10/03/2022
Morar

Cuidados ao alugar um apartamento em Portugal

09/03/2022
Visitar

Abastecer carro em Portugal: saiba como

22/02/2022