Qual é o custo de vida na França?

Qual é o custo de vida na França?

23.04.2020

Está pensando em morar nesse fascinante país chamado França? Então você precisa ler esse artigo!

Nós já havíamos cruzado o território de uma vintena de países – muitos na Europa – quando decidimos passar uma temporada na França. Com os planos de ficarmos no país por no mínimo seis meses, precisávamos ter um planejamento financeiro mínimo para não comprometermos o futuro do nosso projeto.

De um modo geral, sabíamos que estávamos indo para um país mais caro que a Espanha e até mesmo mais caro que a Itália, onde havíamos passado os últimos doze meses. Mas, a pergunta era: mais caro, quanto? Qual é o custo de vida na França?

Depois de atravessarmos do sul ao norte (da parte continental) do país, reunimos a opinião de franceses, a visão de imigrantes brasileiros, as nossas impressões pessoais e alguns dados importantes sobre o custo de vida na França para ajudar você que está planejando viver no país.

Ficou curioso? Então, confira agora!

A França no mundo: quão caro é o país?

Quem já teve o privilégio de visitar Paris, tem o diagnóstico pronto: a França é um país bastante caro.

De fato, segundo os estudos publicados pelo The Economist no ano passado, Paris dividia o primeiro lugar com Hong Kong e Singapura na lista das cidades mais caras do mundo.

Em 2020, a cidade luz caiu para a quinta posição, mas ainda assim a vida na capital francesa segue sendo mais cara que em Tokyo e Los Angeles, ficando lado a lado com Zurique e Nova Iorque.

Já em termos de nação, a França ocupa a 14ª posição no ranking dos países mais caros do mundo, de acordo com a Revista Ceoworld, que considerou custos com transporte, vestuário, moradia, acesso à internet, serviços públicos, alimentação, táxis e restaurantes. Entre os países da Europa, a França figura no 7º lugar.

Sim, essas estatísticas assustam um pouco, mas, depois de termos passado por diversas regiões francesas, não temos dúvida de que é o alto custo de vida da capital o grande responsável pela colocação da França nessa posição mundial. 

A boa notícia, amigos, é que, como dizem os franceses, a França não é só Paris e a vida pode ser consideravelmente mais barata nas outras regiões fora da Îl-de-France. É possível encontrar lugares igualmente bonitos e bem menos custosos que Paris para se viver na terra de Joana D´Arc.

Dá uma olhada nos números que trouxemos para você logo abaixo!

Custo de Vida: quanto custa, afinal, morar na França?

Com a ajuda do Numbeo, considerado o maior banco de dados do mundo alimentado pelos usuários/moradores sobre as condições de vida nas cidades, relacionamos abaixo alguns preços médios praticados na França.

São valores despendidos mensalmente pelos franceses com moradia, serviços essenciais, alimentação e transporte.

Considerando as diferenças regionais existentes, para que o retrato dos custos seja mais fidedigno à realidade, trouxemos os preços ao consumidor praticados separadamente em quatro cidades francesas:

Paris
Marselha
Lyon
Toulouse

Elas são as quatro cidades mais populosas da França. Assim, conhecendo os preços dos produtos e serviços praticados nessas grandes concentrações urbanas é possível ter uma boa noção do custo de vida na França.

Custos de Moradia e de Serviços Essenciais na França


Os custos com habitação constituem, de regra, a principal despesa de um indivíduo em qualquer parte do mundo.

Aqui entram gastos com aluguel e os serviços básicos de água, luz, aquecimento, manutenção e internet. Eis os principais valores, em média, nas quatro principais cidades francesas, em março/2020:

Valores de Aluguel mensalParisMarselhaLyonToulouse
Apartamento (1 quarto) no Centro da Cidade1,189.36 €593.85 €670.77 €636.74 €
Apartamento (1 quarto) Fora do Centro869.08 €523.98 €506.82 €471.74 €
Apartamento (3 quartos) no Centro da Cidade2,589.52 €1,093.75 €1,345.62 €1,114.29 €
Apartamento (3 quartos) Fora do Centro1,759.80 €1,085.71 €992.31 €860.00 €

Serviços Essenciais (mensal)ParisMarselhaLyonToulouse
Básicos (Eletricidade,
Aquecimento,
Arrefecimento,Água, Lixo)
para um Apartamento de 85m2
168.31 €102.08 €152.41 €129.15 €
Internet (60 Mbps ou Mais,
Dados Ilimitados,
Cabo/ADSL)
27.72 €28.08 €31.50 €25.09 €


Os números deixam evidente a disparidade existente entre os preços praticados na capital e nas demais cidades. Mesmo entre essas, não há uniformidade entre os preços desses serviços.

Por isso, a escolha de onde se estabelecer na França poderá representar ou uma economia ou o comprometimento de grande fatia do bolo do seu salário no final do mês.

Já em relação aos serviços essenciais, é bom saber que assim como a internet,  na França, o fornecimento de energia elétrica e de gás natural não fica ao encargo de empresas estatais, mas sujeitos à livre concorrência.

Portanto, é possível escolher entre vários fornecedores diferentes aquele que oferece o melhor custo/ benefício para uma determinada região. No caso da energia elétrica, por exemplo, o residente pode optar por empresas que distribuem apenas eletricidade produzida a partir de fontes de energia renováveis, como hidrelétrica, solar ou eólica. 

Outra coisa bastante importante a considerar é que o valor com gás – usado para o aquecimento das casas – varia muito conforme a região e a estação do ano.

Nossos amigos que vivem na região metropolitana de Lorraine, conhecida por ter um inverno chuvoso e muito frio, chegam a pagar 150 euros/mês de gás, nos meses frios, em uma casa com três quartos.

Mais uma vez aqui vemos como o custo mensal pode sofrer alterações dependendo do lugar que  se vive na França.

Para quem quer simular os gastos, o site do governo francês https://comparateur-offres.energie-info.fr/ disponibiliza uma ferramenta onde é possível comparar os preços e os diferentes serviços prestados pelos fornecedores de energia e gás, por cidade. 

Despesas com Alimentação: Quanto custa comer na França?

Comer fora não é exatamente barato na França, uma consequência direta da alta valorização da mão de obra no território francês.

Para se ter uma ideia, enquanto o custo para fazer uma refeição com três pratos em um restaurante de nível intermediário custa, em média, 30€ em Portugal ou 40€ na Espanha, na França esse valor sobe para 50€.

É claro que aqui os números consideram um intervalo mínimo e máximo. Uma pesquisa prévia, portanto, pode render uma boa experiência gastronômica francesa sem precisar pagar tudo isso. 

croissant-franca
Croissant na França, uma delícia

Com 51,80€, por exemplo, nós dois desfrutamos há pouco tempo de um almoço com direito à entrada, prato principal, sobremesa, cafezinho e uma garrafa de vinho nacional no centro de Dijon, cidade turística francesa da Borgonha. 

Ficou animado? Confira outros valores:

Custos em RestaurantesParisMarselhaLyonToulouse
Refeição, Restaurante Econômico15.00 €13.50 €12.00 €13.00 €
Refeição para 2 Pessoas,
Restaurante de Gama Média, Três Pratos
50.00 €50.00 €50.00 €50.00 €
Chopp (0.5 litros)7.00 €6.00 €6.00 €5.80 €
Cerveja Importada (0.33 litros garrafa)6.00 €5.00 €4.00 €5.00 €
Cappuccino (normal)3.53 €2.24 €2.84 €2.44 €
Cola/Pepsi (0.33 litros garrafa)2.97 €2.00 €2.24 €2.18 €
Água (0.33 litros garrafa)2.01 €1.15 €1.45 €1.57 €


É claro que sempre há a opção de fazer as refeições em casa, o que faz uma diferença maior no final do mês para quem vive na França, do que para quem vive no Brasil, por exemplo.

Mesmo assim, o preço dos alimentos nos supermercados não fogem da lógica daqueles praticados nos restaurantes: a França é mais custosa em relação à Espanha e a Portugal também nesse aspecto.

A Alemanha também possui preços mais baixos que a França e isso acaba sendo uma vantagem para os franceses que moram a poucos quilômetros da fronteira.

Em relação à Itália, notamos que os preços em uma mesma cadeia de supermercados presente nos dois países costumam ser 15% mais caros na França, especialmente para artigos básicos como leite, ovos e farinha.

Se formos falar de Paris, os custos ficam ainda mais salgados: as compras de supermercado na capital custam pelo menos entre 10 a 20% a mais do que em outras cidades.  Confira os preços de alguns insumos:

CUSTOS DE SUPERMERCADOParisMarselhaLyonToulouse
Leite (normal), (1 litro)1.17 €1.05 €1.05 €0.88 €
Pão Branco (500g)1.61 €1.97 €1.16 €1.42 €
Arroz (branco), (1kg)1.91 €1.77 €1.67 €1.73 €
Ovos (12)3.48 €3.30 €2.72 €2.71 €
Queijo Regional (1kg)20.54 €13.00 €17.00 €13.00 €
Filetes de Frango (1kg)14.34 €7.67 €10.12 €10.14 €
Maçãs (1kg)3.07 €2.54 €2.45 €2.32 €
Banana (1kg)2.13 €1.81 €1.96 €2.27 €
Laranjas (1kg)2.84 €2.44 €2.42 €2.10 €
Tomate (1kg)2.96 €2.24 €2.40 €2.55 €
Batata (1kg)1.99 €1.86 €1.65 €1.53 €
Cebola (1kg)2.38 €1.71 €2.25 €2.28 €
Água (1.5 litros garrafa)1.03 €0.45 €0.71 €0.71 €
Garrafa de Vinho
(Gama Média)
8.00 €5.00 €6.50 €9.00 €
Cerveja Nacional
(0.5 litros garrafa)
1.79 €1.57 €1.23 €1.80 €

Custos com transporte: quanto custa se locomover na França?

O custo do transporte público na França é considerado moderado.

Segundo os dados do Numbeo, um bilhete de ida para utilizar o transporte coletivo em nível local pode variar de 1,50€ até 2,00€. Mensalmente, o morador desembolsa de 33€ até 75,20€, dependendo da cidade em que tiver escolhido estabelecer sua residência na França.

Para quem utiliza o veículo próprio como meio de transporte, a atenção deve estar voltada ao valor do combustível e ao dos pedágios. Os preços da gasolina na bomba na França são mais altos que na Espanha, Alemanha e Bélgica (mas são mais baixos que na Itália). 

Novamente aqui leva vantagem quem mora nas cidades fronteiriças aos países vizinhos que fazem parte da União Europeia. Eles podem abastecer o tanque por um preço mais em conta sem mesmo ter que se preocupar com controles migratórios.

Além disso, as rodovias mais caras da Europa estão na França (mas elas também são consideradas as mais seguras do continente). Nesse caso, o jeito mais eficiente de economizar é planejar o deslocamento com um pouco mais de tempo para poder utilizar as vias secundárias não pedagiadas.

TransportesParisMarselhaLyonToulouse
Bilhete de Ida (Transporte Local)1.90 €1.80 €1.90 €1.70 €
Passe Mensal (Preço Normal)75.00 €48.50 €64.00 €50.00 €
Início do Táxi (Tarifa Normal)5.00 €7.00 €5.00 €6.00 €
Táxi Percurso de 1km (Tarifa Normal)1.50 €1.51 €1.77 €2.50 €
Gasolina (1 litro)1.58 €1.47 €1.51 €1.49 €
Toyota Corolla Sedan
1.6l 97kW Comfort
(Ou Carro Novo Equivalente)
25,717.65 €18,333.33 €18,666.67 €22,250.00 €

O que resta mais evidente nos números acima é que a capital cobra um preço alto para quem quiser ter o glamour de morar vendo a Torre Eiffel no horizonte. Por outro lado, as cidades provinciais possuem um custo de vida bem mais razoável. 

Mas sabemos quem nem sempre é uma questão de escolha. Há casos em que a mudança de país está condicionada a uma vaga de emprego que, via de regra, é oferecida em grandes cidades. Nesses casos, o que vemos muito por aqui, é a opção pela residência em cidades-dormitório.

Tantos os franceses como os brasileiros que se mudam para a França e que precisam exercer a atividade profissional em uma grande cidade, optam por viver em pequenas cidades periféricas que possuem um custo muito menor de moradia.

É claro que essa escolha perpassa pela existência de uma boa oferta de transporte público, o que é uma realidade na maior parte da França.

Salário X Custos: o Poder de Compra do povo francês

Apesar de a França possuir, de uma forma geral, um custo de vida elevado, o que vemos por aqui na prática é que para quem trabalha e recebe seus rendimentos no país, é possível equilibrar o orçamento e manter as contas no azul.

Isso porque o país adota uma política salarial de remuneração acima da média de outros mercados europeus. A França ocupa o 6º lugar entre os países que impõem o mínimo mais alto da Europa, atrás apenas de Luxemburgo, Irlanda, Holanda, Bélgica e Alemanha.

Em 2020, o salário mínimo mensal líquido na França para uma carga horária de 35 horas semanais é de 1.219O último levantamento sobre o salário médio no setor privado na França é referente a 2016: 2.238 líquidos mensais, segundo o INSEE, o Instituto Nacional de Estatística e Estudos Econômicos francês.

No final das contas, colocando os salários em perspectiva com os preços de bens e serviços, de acordo com os dados disponíveis do Eurostat (2018), o poder de compra das famílias francesas e a sua capacidade de investir em bens e serviços é bem interessante.

Em comparação com outros países da Europa, a França ficou na 7ª posição, na frente de grandes economias, como a Grã-Bretanha, a Suécia e mesmo da Irlanda, que possui um salário mínimo mais alto.

Além do mais, é importante lembrar que a proteção social estatal é uma realidade na França. A carga tributária é devidamente revertida à população em forma de infraestrutura, saúde e educação de qualidade. Sem falar no baixo índice de criminalidade. Essas são vantagens – sociais, mas com reflexos econômicos – que definitivamente não estão presentes em todos os países do mundo.

E então? O que você achou dos preços praticados na França? Já está preparando a mudança? Não deixe de ler também o nosso artigo sobre como funciona o Sistema de Saúde na França.

POSTS RELACIONADOS

Visitar

Melhores cidades para morar na França

10/08/2020
Visitar

Principais Regiões Vinícolas da França: onde ficam, quando e por que visitá-las

18/06/2020
Visitar

Visitando a França pela Primeira Vez: saiba o essencial antes de partir

01/06/2020