Vale a pena morar na Itália? Opinião de quem já morou.

Vale a pena morar na Itália? Opinião de quem já morou.

14.11.2020

Tá aí uma pergunta que sempre nos fazem: vale a pena morar na Itália? 

Deixar o país de origem para se aventurar em terras estrangeiras é um grande passo na vida de qualquer pessoa. Ao cogitar deixar nossas raízes do outro lado do oceano, o medo cresce, a expectativa se intensifica e a cabeça não para de se perguntar: compensa mesmo todo esse esforço?

Nós que tivemos a oportunidade de realizar esse sonho somos muito convictos da nossa opinião: sim, vale muito a pena morar na Itália e nesse post nós vamos te dizer por que.

Abaixo, separamos para você os principais aspectos positivos de morar na Itália, lembrando que há uma pitada de subjetivismo ali, já que é a nossa visão pessoal sobre o país. Pontos negativos também existem, é claro, e nós vamos falar deles também. 

Assim, ao final deste artigo, a gente espera que você consiga formar a sua própria opinião sobre morar na Itália.

Siete pronti? 

Motivos para morar na Itália

Motivos para morar na Itália

Depois de conhecermos mais de trinta países desse mundão, a Itália continua no topo da lista quando pensamos em um lugar onde morar para o resto das nossas vidas. 

Quer saber por que?

As razões são inúmeras e a gente revela as principais delas para você agora:

Infraestrutura

Sabe aquela visão que temos de país de primeiro mundo onde as estradas são como tapetes, os prédios públicos são bem conservados e os espaços comuns são tão cuidados que ninguém ousa jogar um papel no chão?

Pois a grande parte da Itália vive essa feliz realidade. 

A população tem acesso a serviços básicos indispensáveis nas cidades, mesmo nas muito pequenas, como hospitais, bibliotecas, escolas e espaços de lazer para a terceira idade. 

Questões como saneamento básico, acesso à água potável e distribuição de energia elétrica estão superadas há muito tempo na Itália.

Além disso, o extenso sistema de ferrovias, vias expressas, estradas nacionais, aeroportos e portos marítimos italianos facilitam a mobilidade das pessoas e dão respaldo à atividade industrial.

Resumindo, apesar das diferenças regionais, a Itália não possui problemas estruturais básicos, o que leva o país a desenvolver políticas públicas mais avançadas, afetando direta e positivamente a qualidade de vida dos seus moradores.

Saúde Pública Gratuita e de Qualidade

Não vamos adentrar nas questões do sistema de saúde brasileiro, mas temos que concordar que esse é um dos grandes pesadelos no Brasil. Viver sem um plano de saúde na terra da alegria pode ser motivo de muita tristeza. 

A Itália, por sua vez, possui um sistema de saúde pública para os seus cidadãos que não é apenas gratuito, como é de qualidade. Não, ele não é perfeito, nem igual em todo o território, mas ainda assim é possível dormir em paz sabendo que, se você precisar de médico, um remédio ou um tratamento, o Estado italiano está preparado para te ajudar.

E só isso já bastaria para dizer que vale a pena morar na Itália, não é mesmo?

Segurança

Não sabemos você, mas nós prezamos demais a nossa liberdade. 

É por isso que para a gente não tem preço poder sair à noite sem preocupação de ser assaltado, poder estacionar o carro na rua sem qualquer problema, poder deixar a janela do carro aberta enquanto espera abrir o semáforo, não ficar paranoico quando alguém anda atrás de você, nem precisar esconder o smartphone enquanto passeia pelos calçadões da cidade.

Essas e outras tantas pequenas situações cotidianas de que somos reféns – e pior, já encaramos como normal no Brasil -, simplesmente não fazem parte da vida na Itália. 

Existem sim, batedores de carteira e pequenos furtos, mas a possibilidade de alguém te apontar uma arma em solo italiano é tão rara quanto encontrar um macarrão que não seja al dente.

Educação Gratuita de qualidade

Nós não temos filhos e já faz um tempinho que passamos da fase escolar, então, a priori, esse aspecto não nos atinge de uma forma direta, certo?

Errado. 

A questão da educação gratuita e, principalmente, de qualidade, reflete em vários aspectos da vida em comunidade. Ela garante oportunidades iguais aos cidadãos, uma desigualdade social menos agressiva e cidadãos mais conscientes da sua responsabilidade com o outro. Isso tudo se nota na limpeza das ruas, no respeito com os idosos e na preservação do patrimônio público, das tradições e da sua história.

Ou seja, a educação no nível que encontramos na Itália é um dos grandes benefícios para quem decide morar no país, mesmo para quem não tem filhos! 

Um País, Várias Paisagens

A Itália é um grande mosaico, com diversidades acentuadas em termos de vegetação e clima em cada região. E isso é fantástico, porque nessa ampla gama de paisagens há uma Itália perfeita para todo mundo!

A Toscana e suas belas colinas é ideal para quem gosta de um clima ameno; a Apúlia é o lar dos que gostam de viver próximo ao mar, com temperatura mais altas; já o Trento é o destino certo para os amantes do frio e da vida nas montanhas… tudo absolutamente deslumbrante e acessível!

Em poucas horas de carro, trem ou ônibus é possível mudar completamente de ambiente e aproveitar as férias ou final de semana na Costa Amalfitana, nos Alpes italianos, em Verona, Veneza, Cinque Terre, Lago de Como, Florença, Roma e uma infinidade de outros lugares sensacionais desse país incrível chamado Itália. 

História Viva em Tempo Real

História Viva em Tempo Real

Viver na Itália é como viver em uma obra de arte. Não há esquina sem um prédio histórico ou cidade sem um monumento que te faça viajar só pelas entrelinhas da placa que o descreve.

Além disso o país é cheio de museus, sítios arqueológicos, sendo também o reduto de vários gênios da pintura, escultura, literatura… e de todos os outros campos da expressão artística. 

Para quem, como nós, gosta de estar sempre aprendendo algo novo, a Itália é uma fonte inesgotável de conhecimento: é como andar pelas prateleiras de uma imensa biblioteca viva, interativa e o melhor, a céu aberto.

Vida em Família

Esse é um aspecto que as pessoas não falam muito quando o assunto é morar na Itália, mas que nós consideramos importante. 

Os italianos valorizam demais as relações familiares, a ponto de várias gerações morarem juntas na mesma casa ou, ao menos, muito próximas uma das outras. O almoço na casa da nonna aos Domingos ainda é sagrado, assim como a missa e a pasta fresca feita à mão. 

Pode parecer insignificante para quem vai se mudar sozinho, mas essa questão tão marcante da cultura italiana acaba respingando na forma como se vive na Itália. Mesmo nas grandes cidades onde o estilo de vida acaba sendo mais ou menos igual, seja em São Paulo, Nova Iorque, Londres ou Milão, a impressão que temos é que na Itália as pessoas são menos individualistas, mais solidárias e com um forte senso de comunidade. 

Anote aí: se você, como estrangeiro, tiver a chance de ser “adotado” por uma família italiana, tirou a sorte grande. Você nunca mais se sentirá só longe de casa. 

Lifestyle e Qualidade de Vida na Itália

Aqui está o principal motivo que nos faz querer morar na Itália para sempre: é difícil um povo que sabe aproveitar os pequenos momentos da vida como os italianos.

Sabe aquela concepção de carro do ano, lavado e encerado todo sábado? Pois na Itália ninguém liga se o carro é velho ou novo, se está sujo ou batido. Para os italianos em geral, os carros são simples meio de locomoção e não de ostentação. 

Quer outro exemplo? Na maioria das cidades italianas o comércio fecha no horário do almoço até umas 15:30h. Para os italianos não há motivo de culpa em tirar um cochilo depois do almoço, mesmo que seja uma terça-feira.

Achou estranho?

Isso pode parecer mesmo um tanto diferente ou desestimulante aos olhos de quem vive correndo o tempo todo para subir de carreira e acumular sempre mais e mais. 

Hoje, estar super ocupado é sinônimo de sucesso, assim como trabalhar feito loucos para termos mais bens materiais que nos fazem trabalhar ainda mais para conseguirmos mantê-los.

É nesse aspecto que os italianos parecem entender que sucesso sem felicidade não passa de uma grande enganação. E que a felicidade não está em trabalhar mais para possuir mais, mas sim em fazer as coisas que te deixam feliz. Por isso eles valorizam tanto o tempo em família, uma boa comida, um bom vinho ou um cafezinho no meio da manhã para jogar conversa fora com um amigo.

Se esse modo de encarar a vida te agrada, ótimo, pode fazer as malas! Mas se algo te incomoda nisso de alguma forma, talvez a Itália não seja o lugar ideal para você.

A Gastronomia

A Gastronomia

É claro que não dava para falar sobre os aspectos positivos de morar na Itália sem mencionar a sua gastronomia. A culinária que parece não ter rivais a altura em nenhum outro lugar do mundo é acessível, generosa e absolutamente deliciosa.

Na Itália nenhuma refeição é banal: comida e vinho são elementos centrais da vida dos italianos.

Eles respiram comida, celebram seu vinho local, são orgulhos dos seus ingredientes invariavelmente frescos e da estação e trocam receitas o tempo todo. Não há conversa na Itália que não comece falando de comida ou termine em volta de uma mesa.

Quer ser bem acolhido na Itália? 

Aprenda uma receita clássica italiana, reproduza-a da maneira tradicional sem tirar uma vírgula do lugar e chame seus vizinhos para um jantar. Você ganhará o respeito e a amizade deles na hora!

Motivos para não morar na Itália

Como dissemos acima, a dolce vita italiana não é exatamente cor de rosa o tempo inteiro. Se pudermos mencionar alguns aspectos negativos da vida na Itália, a burocracia intimidadora, os altos impostos e a política cheia de escândalos estariam no topo da lista. 

Soa familiar? 

Pois é, infelizmente não será indo morar na Itália que você se livrará desses aborrecimentos, mas ao menos você receberá assistência médica, terá boas estradas e escolas de qualidade quando precisar.

Outro aspecto que pode tornar a vida mais difícil na Itália é o idioma. Salvo em locais turísticos e entre a população mais jovem, o inglês não é usual na Itália. Por outro lado, a língua italiana é belíssima e ter oportunidade de aprendê-la é um grande incentivo para morar nas terras de Dante Alighieri.

Por último, há a questão da empregabilidade. Lembra da dolce vita italiana que falamos agora a pouco? Pois é, essa história tem um outro lado da moeda, já que o consumismo desestimulado tem um efeito maléfico: menos empregos e menos oportunidades de negócios.

Por isso, para quem pensa em ficar rico na Itália, é bom saber que talvez esse não seja o motivo mais adequado para fazer as malas. Provavelmente você ganhará muito mais dinheiro e muito mais rápido abrindo um negócio no Brasil. Para quem consegue, entretanto, superar a questão “ser rico” em nome de uma vida simples, confortável e sem stress não há país como a Itália.

Então? Diante de tudo o que falamos, você acha que vale ou não a pena morar na Itália? 

Pois nós não temos dúvidas de que há poucos lugares no mundo que podem oferecer as mesmas recompensas que viver nesse apaixonante país chamado Itália. Nos vemos por lá?

Agora que você já sabe por que vale a pena morar na Itália, leia também:

5 cidades baratas para morar na Itália

Como é morar na Itália

Tudo sobre a cidadania italiana: passo a passo completo!

POSTS RELACIONADOS

Morar

Educação na Itália: como funciona o sistema escolar italiano

14/09/2021
Visitar

Seguro viagem para a Itália, vale a pena?

16/08/2021
Morar

Melhores regiões na Itália para trabalhar

15/08/2021