Rotas do vinho imperdíveis na Toscana

Rotas do vinho imperdíveis na Toscana

28.10.2021

A Toscana é uma região da Itália conhecida por suas belas vistas, vinhos de classe mundial e cidades pitorescas conectadas por estradas cênicas, ladeadas por seus icônicos ciprestes, longas plantações de girassóis e inúmeros vinhedos.

Conseguiu imaginar?

Cena de filme, não é mesmo?

As chamadas rotas do vinho da Toscana são, em uma só palavra, espetaculares e obrigatórias em qualquer viagem a essa região da Itália.

Em curtos trajetos guiados por placas, pontos de informação e mapas, elas unem tudo o que a região tem de melhor, de centros históricos a castelos e vinícolas, sem falar dos outros estabelecimentos gastronômicos que oferecem produtos típicos locais.

São 16 rotas oficiais a sua escolha, uma mais linda que a outra e todas à sua disposição para conhecer e degustar os excelentes vinhos da Toscana.

Qual delas conhecer primeiro?

De Chianti à Costa Etrusca, passando por San Gimignano, aqui estão as nossas sugestões de rotas do vinho imperdíveis na Toscana.  

Toscana: o que a torna única e especial quando se trata de vinho?

A Toscana oferece uma variedade de vinhos incomparável a qualquer outra região da Itália. Os vinicultores daqui têm experimentado diferentes castas e técnicas de uva, o que deu origem a uma vasta gama de vinhos com diferentes características.

Segundo a Associazone Nazionali Produttori Vinicole e Turismo del Vino, a região produz nada menos que 2,6 milhões de hectolitros de vinho por ano, vinhos de qualidade certificada e indiscutível. 

São mais de 40 vinhos DOC e 11 DOCG!

Entre os mais notáveis e que você certamente já ouviu – ou experimentou – estão o Nobile di Montepulciano e o Chianti Clássico.

Na taça, esses vinhos caracterizam-se pelo seu corpo leve, acidez distinta e sabores frutados, atributos muito apreciados por amantes da bebida no mundo todo.

Ao cruzar as rotas do vinho da Toscana você terá a chance de degustar in loco esses grandes vinhos da Itália, além de enlouquecer perante os magníficos panoramas dessa parte fabulosa do Belpaese.

Fique com a gente, continue a leitura, porque você descobre agora quais as rotas de vinho imperdíveis da Toscana.

As melhores rotas do vinho da Toscana 

A Federazione Strade del Vino, dell´ Ólio i dei Sapori di Toscana cataloga oficialmente 16 rotas do vinho na Toscana.

São elas:

  • Strada del Vino dei Colli di Candia e di Lunigiana
  • Strada del Vino Vernaccia di San Gimignano
  • Strada del Vino Orcia
  • Strada del Vino Montecucco e dei Sapori d’Amiata
  • Strada del Vino chianti Montespertoli
  • Strada del Vino e dell’olio Lucca Montecarlo e Versilia
  • Strada del Vino e dei Sapori Monteregio di Massa Marittima
  • Strada dei Vini di Carmignano e dei Sapori tipici Pratesi
  • Strada del Vino Terre di Arezzo
  • Strada del Vino e dell’Olio Costa degli Etruschi
  • Strada dei Vini Cortona
  • Strada del Vino Nobile di Montepulciano e dei Sapori della Valdichiana Senese
  • Strada dell’Olio e del Vino del Montalbano – Le Colline di Leonardo
  • Strada del Vino e dei Sapori Colline Pisane
  • Strada del Vino e dei Sapori Colli di Maremma
  • Strada del Vino Chianti Classico

Infelizmente – ou felizmente? –  levaria dias, senão meses, para concluir todas as dezesseis rotas.

Então, por onde começar? 

Qual adorável estrada sinuosa tomar?

Aqui estão as nossas sugestões:

Strada del Vino Vernaccia di San Gimignano

Apesar de na Toscana a produção de vinhos tintos e rosés se sobressaírem sobre os brancos – 85% contra 15% –  a região também se destaca na produção de um dos melhores brancos da Itália,  o Vernaccia di San Gimignano.

É precisamente ele que dá nome à primeira das rotas do vinho da nossa lista e que  deve absolutamente fazer parte do seu roteiro de viagem.

Conhecido como o vinho de Dante Alighieri, o Vernaccia di San Gimignano foi mencionado por Dante em sua ‘Divina Comédia’ já em 1276!

Além disso, ele foi o primeiro vinho nacional a receber a Denominação de Origem Controlada, lá em 1966, e é o único vinho branco da Toscana com o rótulo DOCG.

Para apreciar a beleza da região produtora desse vinho histórico, você deve partir de Florença rumo à pequena San Gimignano, cidade de 7.000 habitantes, Patrimônio Mundial da UNESCO.

Ao sair da autoestrada e entrar nas estradinhas do interior, basta ficar atento à sinalização, seguir as placas que indicam a zona vinífera e encontrar as vinícolas que oferecem vinhos para degustação e para compra.

Ao chegar à San Gimignano, caminhe pelas ruas da pequena cidade e suba até a Rocca di Montestaffoli. Lá você terá a chance de descobrir a história do vinho no Museu localizado ao lado da antiga fortaleza Médici, em posição panorâmica no ponto mais alto da cidade. 

Além do privilégio da vista, você será transportado pelos segredos dos vinhos produzidos no território através painéis didáticos e material multimídia até chegar à sala de degustação. 

Chegou a hora de você provar o vinho de Dante: a acidez refrescante e as notas aromáticas de fruta do Vernaccia ficarão na sua memória gustativa para sempre.

Ah! A entrada para o museu é gratuita.

Strada del Vino Chianti Classico

Seguindo a sudeste de Florença, você chega à Siena e é nesse caminho onde estão os clássicos vinhedos de Chianti, com raízes na época etrusca.

É também nessa parte do território toscano que é produzida a famosa garrafa com selo do galo preto, há muito tempo um símbolo icônico da Toscana. 

Pelo caminho, você encontrará colinas e bosques, pontilhados de vilas e cidades charmosas, como Impruneta (famosa por seus vasos de terracota), Gaiole in Chianti, Greve in Chianti, San Casciano Val di Pesa e Barberino Val d’Elsa. 

As vinhas e também as oliveiras estão por toda parte.

Além disso, a área de Chianti Clássico é o lar de incríveis castelos medievais que oferecem degustações de vinho e culinária local: o que pode ser mais perfeito?

Para uma experiência diferente, siga até Castellina in Chianti, onde você pode visitar o Castello di Fonterutoli, uma moderna vinícola subterrânea construída em três níveis.

>> Procurando passagem aérea para a Itália em promoção? Na Passagens Promo você encontra!

Strada del Vino Costa degli Etruschi

É no litoral da Toscana que se estende uma das mais belas rotas do vinho da região.

Ao todo, a Rota do Vinho e do Azeite da Costa degli Etruschi cobre um caminho que excede 150 km de comprimento ao longo da costa do Tirreno, alcançando uma parte da província de Pisa.

Dessa longa quilometragem você deve focar definitivamente no caminho entre San Guido a Bolgheri, passando pela famosa Viale dei Cipressi, uma avenida cênica e reta cercada por ciprestes majestosos que une as duas cidades.

Nos arredores de Bolgheri, você pode visitar inúmeras vinícolas, como Tenuta San Guido (que produz Bolgheri Sassicaia) ou Tenuta Ornellaia, alguns dos nomes mais expressivos dos vinhos supertoscanos.

Sim, eu disse supertoscanos: você já ouviu falar deles?

Os supertoscanos são os vinhos “fora da lei”, aqueles que não obedeciam às regras de produção dos vinhos tradicionais locais, como o Chianti, e que, em razão disso, foram assim chamados antes de serem reconhecidos e receberem oficialmente denominação própria. 

A principal desobediência dos supertoscanos está na utilização de castas internacionais, como as típicas da zona francesa de Bordeaux, combinadas com as uvas locais.

Essa “transgressão”, aliada ao terroir dos vinhedos que crescem frente a frente com o Mar Tirreno, faz dos supertoscanos vinhos únicos e especiais. 

No seu programa, portanto, não pode faltar visitas às vinícolas e degustações para descobrir esses grandes e prestigiosos “vilões” da vinicultura italiana. 


E então? Já colocou seu abridor de vinhos na mala?

Essas rotas do vinho são lugares únicos na Itália e no mundo, que fazem da Toscana um lugar para visitar, ver e vivenciar.

Temos certeza de que você irá se surpreender ao fazer uma viagem pela zona rural e litorânea da Toscana, dirigindo entre vilas pitorescas, avenidas de ciprestes, campos de girassóis e de imensos rolos de feno.

E como se isso não bastasse, ainda têm os vinhos… simplesmente alguns dos melhores vinhos do mundo.

>> Descubra também as Principais Regiões Vinícolas da França: onde ficam, quando e por que visitá-las


Seguros Promo

POSTS RELACIONADOS

Visitar

Pratos típicos de Natal na Itália

18/11/2021
Visitar

Como aproveitar o fim de ano no inverno italiano

16/11/2021
Visitar

Rotas do vinho imperdíveis na Toscana

28/10/2021