Pratos típicos de Natal na Itália

Pratos típicos de Natal na Itália

18.11.2021

Procurando ideias de pratos para sua próxima ceia de Natal?

Que tal se inspirar nas preparações italianas tradicionais dessa época do ano?

A Itália está repleta de tradições gastronômicas e isso se torna ainda mais evidente durante o período de Natal!

Um prato cheio para nós, que amamos falar de comida e sobretudo da Itália!

Por isso, aproveitamos que o Papai Noel já vai dobrando a esquina para trazermos para você uma lista com uma série de comidas italianas natalinas.

Mas antes que você role a tela e se delicie com essas gulosices italianas de Natal, precisamos dar três avisos:

Primeiro, como você deve saber, uma refeição  na Itália costuma ser composta de ao menos uma sequência de 3 pratos: uma entrada, o primeiro prato e o segundo, sem contar aqui a sobremesa e os extras entre um “prato oficial” e outro.

Durante o Natal, a coisa aumenta consideravelmente e uma refeição pode levar tranquilamente dez horas.

Outro detalhe: o Natal na Itália coincide com o inverno, o que pede comidas mais reforçadas. Não espere por um refrescante salpicão de frango, saladas ou preparações com frutas tropicais nessa lista.

E por último, mas não menos importante: a Itália é uma colcha de retalhos de sabores, em que a cada quilômetro um sabor se sobressai, uma tradição diferente se apresenta. 

Portanto, a lista que você encontrará abaixo não é exaustiva, é antes de tudo exemplificativa ou, como prefiro chamar, inspirativa, de acordo com o que há de melhor em cada região italiana.

Prepare o babador: trazemos para você agora uma lista com comidas tradicionais italianas deliciosas da época do Natal.

Pratos da culinária italiana típicos do Natal

Como dissemos há pouco, os italianos gostam de fazer as refeições por etapas, dividindo o momento de comer em entrada, primeiro e segundo pratos.

A entrada é geralmente algo mais rápido e leve, podendo ser frio ou quente; o primeiro prato é geralmente à base de arroz ou massa, podendo ser também um caldo ou uma sopa; e o segundo um prato pede, de costume, carne ou peixe.

Para respeitar essa tradição, dividimos também os pratos típicos de Natal na Itália da nossa lista de acordo com o momento dessa grande jornada gastronômica, combinado?

Vamos a ela!

Entradas ou Antipasti di Natale

Toda refeição na Itália começa com um aperitivo, algo teoricamente mais leve, para abrir o apetite. Mas só teoricamente… Veja quais são alguns dos antipasti típicos de Natal na Itália:

  • Crostini de fígado de frango: se o nome não te animou, espere até provar essa preparação toscana. O pão italiano ganha um delicioso patê de fígado de frango com alcaparras e anchovas. De duas uma: ou você torce o nariz ou come em toneladas.
  • Toc´in Braide: o nome é diferente, assim como a proposta dessa preparação típica da região de Friuli-Venezia Giulia. Segundo os friulianos trata-se de um antipasto, uma entrada, embora seja feito de polenta, queijo derretido e “morchia”, um molho a base de manteiga derretida e farinha de milho. O que mais pode vir depois disso?
  • Crispelle con acciughe: a crispelle siciliana é um típico petisco, um bolinho frito de massa leve que esconde uma surpresa de Natal: uma anchova salgada.

Sopas Natalinas Italianas

Ao lado – ou melhor, logo depois, dos antipasti, um bom almoço do dia 25 de dezembro começa com uma sopa em várias regiões italianas.

  • Sopa de Cardo: Em Abruzzo, a escolhida é a sopa de cardo, um vegetal de caule alongado, que lembra em aspecto e consistência com um salsão. A sopa é aromatizada com noz-moscada e incrementada com muito queijo ralado.
  • Maritata: antes de ser uma sopa é uma minestra, diriam os italianos da região da Campania. Mas, bem, é Natal, não vamos complicar, certo? A Maritata leva muitas folhas verdes, como espinafre, chicória e escarola, típicos da estação mais fria. Os legumes dão  sabor ao caldo, ao lado de pedaços de frango, salsicha e vitela, que pode levar ainda pedaços de queijo e ovos batidos com pimenta. 
  • Tortellini in brodo: tecnicamente é uma massa, mas como ela vem mergulhada em caldo, trouxemos ela para a lista de sopas. O tortellini é uma pequena massa recheada feita a mão, tradicional no almoço de Natal da Emilia-Romagna. O que é o recheio? Geralmente carne, presunto, mortadela e parmigiano reggiano. Mamma mia!
  • Pasta i broccoli in brodo d’arzilla: Para quem procura por um prato completamente diferente para o Natal, essa é a aposta. Típica da culinária popular romana, essa sopa é feita com arraia (!) e servida como entrada. A preparação leva ainda macarrão curto e brócolis romanesco cozido em molho de tomate com aliche.

> Planejando sua viagem para a Itália? Não deixe de conferir as dicas do Go Europa para aproveitar todas as atrações de Roma e da Costa Amalfitana.


Seguros Promo

Primo Piatto: Massas típicas do Natal italiano

Elas são muitas, de muitas formas e diversas variações, todas deliciosas. Geralmente são primeiro pratos, mas podem transitar no segundo tempo se forem mais robustos nos temperos e levar carne.

Escolha a sua!

  • Culurgiones: a massa típica do Natal da Sardenha é um lindo ravioli recheado com batata, queijo de cabra, noz-moscada e açafrão. Ótima opção para os vegetarianos!
  • Vincisgrassi: é o exemplo do que dizíamos agorinha. Uma massa que pode ser servida tanto como primeiro com secondo piatto, por conta da sua substância. O Vincisgrassi é uma espécie de lasanha (embora na região de Marche seja proibido chamá-lo assim!), composta por várias camadas, coberta com queijo parmesão ralado e recheada com um ragù especial feito com diferentes tipos de carnes, desde ganso, pato, frango à coelho e porco. O vincisgrassi é um prato muito rústico e tradicional: em Marche cada família tem a sua receita…então você também pode ter a sua!
  • Timballo di Scrippelle: é uma receita típica da região de Abruzzo, um prato tradicional único e no mínimo extraordinário. Assim como o Vincigrassi, ele pode ser confundido como uma lasanha para os mais incautos. No entanto, no lugar de uma massa comum, aqui as camadas são mais sutis, como crepes. O recheio leva pequenas polpetas de carne e molho de tomate.
  • Casoncelli: massa recheada de carne típica da Lombardia que no Piemonte é conhecida como Ravioli dei plin. Quando não de carne, os raviolis piemonteses também podem ser recheados com ricota e uvas passas no Natal. Depois de cozinhados em água salgada, podem ser temperados com manteiga e sálvia ou com molho de carne. Uma delícia só!
  • Malloreddus alla campidanese: o nome complicado vem da culinária da Sardegna, mas o preparo não poderia ser mais simples. O malloreddus alla Campidanese é uma pasta  curtinha, tipo um nhoque, temperada com molho de tomate enriquecido com linguiça, açafrão e um toque de queijo de cabra. 

Outros Primi Piatti natalícios da Itália

Além da tradicional pasta, outras preparações entram também para serem servidos como primeiro pratos no almoço de Natal na Itália:

  • Sartù di Riso: é uma espécie de bolo de arroz muito saboroso, assado em forma redonda, enriquecido com almôndegas, salsichas, ervilhas, ovos cozidos e ragù de Napoles
  • Canederli: a iguaria é saboreada no Natal em Trentino-Alto Adige. São bolinhas de pão branco amanhecido, farinha e ovos, com speck, bacon ou salame. Depois de cozidas, podem ser temperadas com manteiga derretida e queijo ou molho de carne. 
  • Zuppa valpelinese: apesar do nome, essa é uma sopa diferente, que se come em prato raso e de garfo e faca e por isso não a relacionamos com as sopas “normais”. Essa preparação é típica do Vale de Aosta e promete um Natal saborosíssimo para quem a preparar. A receita leva repolho, queijo fontina e pão amanhecido que vão parar no forno para gratinar antes de servir.
  • Risi i bisi: ele não pode faltar na mesa de Natal no Vêneto e, cá entre nós, acho que pode estar na mesa todos os dias. O Risi i bisi é um risoto que leva bacon e ervilha fresca, um prato antiquíssimo que, segundo reza a lenda, tem origem bizantina, já que os povos orientais mantinham intensas trocas comerciais com os venezianos e costumavam acompanhar o arroz com todo tipo de verdura. Vale a pena preparar!

> Compre passagens aéreas para Milão ou Roma com preços promocionais pelo site Passagens Promo e economize!

Secondo: pratos típicos de Natal na Itália com Carne

E finalmente chegamos ao segundo, o prato que geralmente encerra a refeição… antes da salada, da sobremesa e do digestivo (risos!).

  • Cordeiro Assado com Batata: prato típico do Lazio, à base de cordeiro assado em forno, temperado com alho, alecrim e azeite de oliva. 
  • Frango Assado: na Lombardia, a tradição pede ave assada e recheada com batatas, ovos, queijo parmesão e mortadela. 
  • Bollito misto alla piemontese: nada mais do que carne cozida em água, nada menos que um dos principais pratos da cozinha piemontesa. Na verdade, a preparação leva 7 cortes de carnes diferentes, incluindo frango e cotechino, um embutido de porco.
  • Carbonada: não é carbonara não. É carbonada mesmo. É um prato típico da região do Vale de Aosta, nos Alpes italianos. Trata-se de um prato de tiras de carne marinadas em vinho tinto com ervas e cozidas em uma panela com banha de porco, geralmente acompanhada de polenta.
  • Pampanella: preparação simples e tradicional de Molise que leva carne de porco besuntada em vinagre, alho picado e em bastante pimenta em pó.
  • Leitão Assado: o porquinho feito no rolete é um preparo tradicional no Natal na Sardegna.
  • Faraona Arrosto: como segundo,o verdadeiro prato típico da Toscana no almoço de Natal é a galinha d’ angola assada no forno. 

Pratos típicos de Natal na Itália: Peixes e frutos do mar

Ingrediente principal da cena della vigilia, ou da noite do dia 24, o peixe retorna à mesa de alguns italianos no almoço do dia 25, no lugar da carne:

  • Cappon Magro: prato tradicional milenar da Ligúria à base de legumes, alcaparras e peixes. Algumas versões também levam outros frutos do mar. Tudo vem coberto com um molho feito com bastante salsinha, pinoli e aliche.
  • Bacalhau: ele está presente nas mesas de muitos italianos, de diversas regiões diferentes, sendo um verdadeiro símbolo entre os pratos típicos de Natal na Itália. Em Molise, ele se chama Baccala arracanato, preparado com farinha de rosca, alho, salsinha, orégano, uvas passas, pinoli e nozes. Já no Vêneto, o bacalhau é servido com polenta. Empanado e frito é o jeito feito no Lazio. Na Puglia, o bacalhau vira “bomba”, um grande bolinho empanado e frito de bacalhau com batata.
  • Enguia: o capitone, ou enguia, é outro peixe muito consumido no Natal na Itália. Assado, como se faz principalmente no Centro e Sul da Itália, Lazio e Puglia, ou frito, como na Campania.

Aí está a nossa longa lista de pratos típicos de Natal na Itália. Esso que nem tocamos nas sobremesas! Certamente falaremos delas em uma próxima oportunidade.

Como vimos, a culinária italiana reflete os cheiros e o território de cada região e no Natal não é diferente.

E você? O que costuma preparar para o Natal? 

Vai incrementar a sua ceia com um dos pratos natalinos da tradição italiana? 

Temos certeza de que você não irá se arrepender!

Buon appetito e buon natale!

Você pode se interessar também:

Cada garrafa de vinho tem sua história

Rotas do vinho imperdíveis na Toscana