Estudar inglês na Irlanda

Estudar inglês na Irlanda

24.10.2020

Quando se pensa em aprender inglês, muitos pensam em Estados Unidos, Canadá, Inglaterra ou até mesmo na Austrália, mas poucos conhecem as vantagens de se estudar inglês na Irlanda.

Porém aqui e agora, você saberá porque e como a Irlanda tem atraído, recentemente, mais de 120.000 estudantes por ano. Um dos fatores que mais favorecem a ilha Esmeralda é o fato que estudantes estrangeiros de inglês podem trabalhar 20h semanais no período de aulas e 40h durante os meses oficiais de férias do país (junho, julho, agosto, setembro e de 15 de dezembro a 15 de janeiro). Deste modo, o custo do curso de inglês aqui fica relativamente mais barato quando comparado a outros locais, mundo a fora. Somando a isso, o salário ganho, mesmo que em trabalhos de meio-período, ajuda bastante nas despesas do dia a dia, como aluguel e mercado, além de proporcionar momentos de lazer e descontração explorando tudo que a Irlanda tem a oferecer.

Se isso tudo ainda não for suficiente para te agradar e te fazer sonhar em estudar por aqui, que tal saber que a Irlanda é a terceira maior ilha da Europa, possui um dos melhores padrões de vida do mundo para se viver, belezas naturais e um povo muito amigável, simpático e tolerante. E claro, você já estará na Europa e será relativamente fácil e barato visitar os países próximos, tendo assim a oportunidade de enriquecer e aumentar, ainda mais, sua experiência de vida no exterior. 

E se te contarmos que dependendo da duração do curso que escolher, nem visto de estudante você precisará? Ou seja, menos burocracia e muito mais facilidades para estudar e realizar sua imersão em inglês. Muito bem, para cursos de até 90 dias, não é necessário visto de estudante, o tão Famoso Stamp 2 (ou carimbo 2). E para os cursos de longa duração, o visto é emitido no próprio país, tendo uma taxa de rejeição praticamente nula. 

Portanto, você pode entrar e estudar por até 3 meses na Irlanda como turista, porém sem direito a trabalhar ou obter o visto (Stamp 2) que lhe permite até oito meses de estadia, sendo seis deles estudando, pelo menos, 15 horas semanais (com direito a 20 horas de trabalho por semana durante o curso ou 40 horas por semana durante os 2 meses de férias).

O visto Stamp 2 pode ser renovado até duas vezes, possibilitando uma permanência total de 24 meses na Ilha. Porém, o aluno precisa estar matriculado em uma escola autorizada pelo governo para estudar inglês na Irlanda. 

Como escolher então uma escola para estudar inglês na Irlanda?

Você já se decidiu e agora precisa escolher qual escola quer estudar inglês na Irlanda, correto? Opções não faltam, desde o nível mais básico ao avançado, e com tanta variedade, o difícil é definir qual ou quais instituições estão alinhadas com o seu desejo.

Como o orçamento é um aspecto importantíssimo para muitos brasileiros, uma estratégia muito boa seria o aluno contactar agências especializadas em intercâmbios para expor seus objetivos com e para o intercâmbio na Irlanda, determinar o tempo disponível e, assim, obter uma proposta interessante. Como já dissemos aqui na Conexão Europa, o custo de vida, escolas, locomação e refeição variam bastante entre as localidades da ilha. Para saber mais clique aqui.

Com relação as escolas, você precisa entender que deverá buscar apenas por escolas que ofereçam cursos reconhecidos pelo governo irlandês. Portanto, o aluno intercambista deve verificar a listagem do órgão responsável por regular tais instituições, o ACELS (Accreditation and Co-ordination of English Language Services). No índice completo, você encontrará informações de contato para cada escola, endereço da instituição e o nome do profissional responsável.

Outras questões podem ser consideradas na escolha de escolas de inglês:

  • A escola trabalha com professores nativos?
  • Classes com diversidade de nacionalidades?
  • A escola oferece atividades extra-curriculares (sessões de cinema, cursos específicos, aulas de reforço, passeios em grupos, etc.)
  • Material didático de qualidade?
  • Quantidade de alunos por sala

As redes sociais podem te conectar com intercambistas que atualmente cursam ou já cursaram aulas na escola que deseja fechar e assim, você pode obter um depoimento ou saber como foi a experiência desta pessoa.

Visto para intercâmbio de idiomas na Irlanda

O fato de utilizar o ACELS não é apenas para escolher e obter uma formação que seja reconhecida oficialmente. Porque, no caso dos brasileiros, para se obter o visto de estudante (Stamp 2), é necessário identificar em qual das escolas cadastradas o aluno estudará durante seu período de intercâmbio na Irlanda, mas veja o que mais você precisará apresentar na chegada ao país:

  • passaporte com validade de, pelo menos, 6 meses após a data de volta ao Brasil;
  • comprovante de pagamento total do curso de inglês (Carta da escola);
  • comprovante de 3 mil euros (quantia, considerada pelo governo irlandês, como necessária para se manter aqui durante seu tempo de estudo);
  • 300 euros (valor cobrado pelo visto);
  • Carga horária do curso (sendo 15 horas semanais mínimas, em aulas exclusivamente diurnas entre as 8:00 e as 18:00);
  • comprovante de residência;
  • seguro-saúde.

Visão Geral sobre os tipos de cursos oferecidos para você estudar inglês na Irlanda

General English (Inglês Geral)

O curso mais procurado, sem dúvida, é o General English. Afinal como o próprio nome diz, ele engloba de uma maneira geral tudo sobre a língua inglesa, ou seja, desde conhecimentos gerais até conversação, gramática, linguagem informal como gírias e expressões idiomáticas.

Esta opção é a melhor para quem deseja aprimorar a língua ou aprender a falar inglês e não há pré-requisitos.

Cada escola possui sua própria forma de divisão, sendo basicamente, os níveis Beginner, Elementary, Pré-Intermediate, Intermediate, Upper-Intermediate e Advance.

A duração mínima é de 2 semanas com o início das aulas sempre às segundas-feiras.

Business English (Inglês para negócios)

Este curso é direcionado para quem quer aprimorar o vocabulário em áreas específicas e de negócios, como administração, vendas e marketing. Seu objetivo é desenvolver o vocabulário voltado para o ambiente corporativo, argumentação, técnicas para apresentação e exposição de ideias.

O foco é o mercado de negócios, sendo fundamental que o aluno já consiga estabelecer uma conversação com razoável fluência. Logo, o nível de inglês do estudante deve ser no mínimo intermediário.

Sua duração é a partir de 4 semanas, tendo em média, duração de 8 a 12 semanas. Os cursos  podem começar as segundas-feiras ou em datas específicas dependendo da instituição.

Preparação para Exames de proficiência

Preparação para IELTS e TOEFL

Para quem busca uma certificação de proficiência em inglês, esse tipo de curso é um dos mais indicados. Tanto o IELTS quanto o TOEFL são dois dos principais exames de proficiência da língua inglesa para propósitos acadêmicos (ou seja, quem deseja ingressar em Universidades e Instituições técnicas) e também para propósitos de imigração, pois na Irlanda, o IELTS é a certificação aceita pelas instituições de ensino do país.

Quem deseja participar de um curso preparatório para a prova de proficiência precisa ter um nível de inglês intermediário ou avançado.

Usualmente, o preparatório para o IELTS dura 10 semanas e tendo seu início variando de escola para escola.

Preparação para exames Cambridge

Este é o curso preparatório para o exame de proficiência da língua inglesa oferecido pela University of Cambridge. Não apresenta um foco tão acadêmico quanto o IELTS, mas as certificações emitidas pela Universidade de Cambridge são muito respeitadas, não só na Irlanda e Reino Unido, como em todo o mundo. 

Os cursos preparatórios para os exames de Cambridge começam as segundas-feiras com duração mínima de 4 semanas sendo dividos nos seguintes níveis:

  • FCE (Cambridge English: First) Nível intermediário. Atesta que o estudante tem conhecimento suficiente para utilizar a língua inglesa diariamente, tanto escrita quanto falada.
  • CAE (Cambridge English: Advanced) Nível avançado. Inglês para fins profissionais ou acadêmicos.
  • CPE (Cambridge English: Proficiency) Maior certificação de proficiência emitida. Atesta que o candidato é proficiente na língua inglesa.

Informações Complementares e Curiosidades para você que deseja fazer seu intercâmbio e estudar inglês na Irlanda

O intercâmbio é, sem dúvida, uma forma de amadurecimento, tanto professional quanto pessoal. É impossível viver uma experiência de intercâmbio e não sentir uma mudança de postura, comportamento ou pensamento.

Não se esqueça de contratar um seguro viagem antes de sair do Brasil. É fundamental fazer um seguro de viagem internacional antes de viajar, pois infelizmente ninguém está a salvo de acidentes ou doenças durante uma viagem, não é mesmo? E vale ressaltar que por aqui o sistema de saúde não é público e, em média, terá que desembolsar 60 euros por uma consulta com o General Practitioner (GP), conhecido como Clínico Geral no Brasil. 

Pensar qual é a melhor cidade para se fazer intercâmbio na Irlanda é praticamente impossível de ser responder. Porque isso varia de pessoa pra pessoa e cada cidade desta ilha tem suas singularidade e charme. É óbvio que Dublin, por ser a capital é a cidade mais cara, com um custo de vida alto, apesar de oferecer melhores oportunidades de emprego. Por outro lado, cidades mais avastadas dos grandes centros urbanos pode baratear o custo de vida, aumentar e favorecer sua imersão na cultura e comunidade irlandesa.

Na Irlanda, é possível dirigir utilizando a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou a Permissão Internacional para Dirigir. Porém, essa permissão é válida por apenas 12 meses. Após esse período, você precisará obter a carteira irlandesa, caso queira dirigir.

Mas se você ainda não dirige ou não terá tempo hábil para tirar sua habilitação ainda no Brasil antes de viajar para a Irlanda, não se preocupe. Qualquer pessoa maior de 18 anos, após seis meses morando aqui, pode tirar a carteira de motorista local, cuja validade se estende para toda a União Europeia.

Procure economizar dinheiro no Brasil para conseguir chegar na Irlanda com a maior poupança possível. 

Se possível, obtenha sua carteirinha de estudante, pois ela te facilitará a vida e te ajudará a economizar bastante.

Procure utilizar as diversas bicicletas disponíveis para se pedalar o ano todo por um valor bem baixo, ou quem sabe, compre uma.

Durante suas férias escolares, fique atento aos anúncios de emprego full-time.

Tome cuidado com sua alimentação, pois comer mal e barato é muito fácil longe de casa, porém nem um pouco saudável.

O clima por aqui é bem úmido e frio na maior parte do ano, portanto procure se manter quente e seco para evitar problemas.

Procure não ficar apenas próximo da comunidade brasileira, pois seu objetivo é “improve your English”.

POSTS RELACIONADOS

Morar

Estudar inglês na Irlanda

24/10/2020
Morar

Intercâmbio na Irlanda - Estudar e trabalhar durante o intercâmbio

08/09/2020
Visitar

Principais pontos turísticos na Irlanda

12/08/2020