Estudantes brasileiros na Irlanda

Estudantes brasileiros na Irlanda

08.05.2021

A Conexão Europa preparou um artigo para você, interessado em estudar na Irlanda. Então, veja a sequir algumas perguntas e respostas sobre o tema, vistos, processo de inscrição nos cursos, trabalhos para estudantes, além de dicas essenciais que podem lhe ajudar sobre sua decisão de estudar aqui na Irlanda.

Johnstown Castle, County Wexford, Ireland

Por que estudar na Irlanda?

 Vamos começar dizendo que estudantes brasileiros ou de qualquer outra parte do mundo que estejam aqui para estudar e aprender a língua inglesa podem trabalhar 20h semanais no período de aulas e 40h durante os meses oficiais de férias do país (junho, julho, agosto, setembro e de 15 de dezembro a 15 de janeiro). Portanto, o custo do curso de inglês aqui fica relativamente mais barato quando comparado a outros locais mundo a fora. O salário ganho, mesmo que em trabalhos de meio-período, geralmente ajuda bastante nas despesas do dia a dia, como aluguel e mercado, mas também te ajudará ao sair pra conhecer e explorar tudo que a Irlanda tem a oferecer, seja na gastronomia, passeios turísticos ou em algum dos mais de 7000 pubs (para saber mais sobre os mais famosos pubs da Irlanda, clique aqui).

Mas além disso, você sabia que a Irlanda é a terceira maior ilha da Europa, possui um dos melhores padrões de vida do mundo para se viver, belezas naturais e um povo muito amigável, simpático e tolerante. E claro, você já estará na Europa e será relativamente fácil e barato visitar os países próximos, tendo assim a oportunidade de enriquecer e aumentar, ainda mais, sua experiência de vida no exterior. 

Mais uma coisinha sobre o porquê de se tornar um estudante brasileiro na Irlanda…. Dependendo da duração do curso que escolher, nem visto de estudante você precisa. Ou seja, menos burocracia e muito mais facilidades para estudar e realizar sua imersão em inglês. Pois é, para cursos de até 90 dias, não é necessário visto de estudante, o tão Famoso Stamp 2 (ou carimbo 2). E para os cursos de longa duração, o visto é emitido no próprio país, tendo uma taxa de rejeição praticamente nula. Portanto, você pode entrar e estudar por até 3 meses na Irlanda como turista.

Visto de estudante para estudar na Irlanda?

Ok, você optou por estudar inglês por mais de 90 dias na irlanda, e agora? O que fazer ou no que pensar?

De modo geral a Irlanda não exige que o estudante brasileiro solicite o visto de estudante com antecedência à viagem, sendo que no primeiro contato com os agentes de imigração no aeroporto de Dublin, você precisará apresentar:

  • passaporte com validade de, pelo menos, 6 meses após a data de volta ao Brasil;
  • comprovante de pagamento total do curso de inglês (Carta da escola);
  • comprovante de 3 mil euros (quantia, considerada pelo governo irlandês, como necessária para se manter aqui durante seu tempo de estudo);
  • € 300 (valor cobrado pelo visto);
  • comprovante de residência;
  • seguro-saúde.

Nesse momento, você receberá um visto provisório (de turista) com validade de aproximadamente 1 mês. Então, dentro deste período você precisará abrir uma conta bancária para depositar os 3 mil euros e solicitar a renovação/obtenção do visto de estudante, mas já morando e estudanto no país.

Caso queira saber mais sobre irtercâmbio na Irlanda, veja este outro artigo “Guia de Irtercâmbio na Irlanda” clicando no link aqui (inserir link).

Quanto é o custo de vida para um Estudante Brasileiro na Irlanda?

Sem dúvida, a questão do custo de vida de um intercambista no país que planeja morar e estudar é um dos fatores mais importantes quando se pensa em estudar fora do Brasil. Mas com toda certeza, podemos dizer que a Irlanda oferece condições apropriadas para que você consiga economizar e até mesmo melhorar seu orçamento por aqui, mas claro, se você não for uma pessoa que queria esbanjar e gastar seu dinheiro com coisas desnecessárias. Outro fator de destaque sobre o custo de vida por aqui…. O valor com moradia e deslocamento com certeza será influenciado pela cidade ou mesmo bairro que escolher, ok?

Dito isso, na média, o custo de vida para um estudante na Irlanda parte de € 900 por mês, levando em considerção a cidade escolhida, a escola e seu estilo de vida adotado por aqui, como veremos a seguir.

O período máximo que um aluno pode permanecer em intercâmbio na Irlanda é de 2 anos. Durante esse tempo, o aluno precisará renovar seu visto e estar matriculado em um curso de idiomas em uma das escolas oficialmente cadastradas no governo, ok?

Portanto, durante as 25 semanas que você estará efetivamente em curso, com carga horária mínima de 15h semanais, você tem permissão para trabalhar 20h semanais. Nas demais 8 semanas em que está em férias, pode trabalhar até 40h semanais (sendo que o período de férias ocorre entre os meses de maio e agosto e entre 15 de dezembro e 15 de janeiro). Na Irlanda a média de salário atual é de € 10,20 a hora (em 2021), logo, você consegue ganhar uma quantia considerável de dinheiro mensalmente que te ajudará e/ou te manterá na ilha esmeralda mais tranquilamente ou pode juntar os euros para quando voltar ao Brasil ter uma quantia ainda maior em Real, ou ainda, pode aproveitar essa grana do seu trabalho na Irlanda para viajar pela Europa.

Com relação à acomodação, muito provavelmente você precisará rever alguns hábitos, pois o mais comum por aqui ê dividir uma moradia com outros estudantes brasileiros ou internacionais, lembrando que dessa maneira, você poderá divider não só o custo da moradia como também o banheiro, a cozinha e a conta de energia e gás dentre outras coisas. Mas o principal disso tudo é que você estará poupando grana e convivendo com outras pessoas interessantes e, se escolher bem, de culturas e países diferentes, o que te proporcionará um maior aprendizado da língua inglesa.

Sobre a alimentação, podemos dizer que você ficará tentado a experimentar os diversos e variados sabores da culinária local, bem como das influências estrangeiras… E dependendo do seu gosto e apetite para bebidas, se encantará ao entrar em um dos 7000 Pubs que existem na ilha. Mas saiba que a maneira mais econômica de se alimentar e gastar menos é levar contigo um lanche de casa. Afinal, você verá muita gente comendo suas “marmitas” e/ou lanches em algum local que possa apreciar o sol e as belezas locais…. Acostume-se também a procurar por “home brands” na hora que estiver fazendo suas compras no mercado, ou seja, muitas redes de supermercado por aqui possuem sua própria marca que, além de saborosas, costumam ser bem mais baratas que outras marcas tradicionais e conhecidas. Fica a dica!!!

No quesito Transporte, a Irlanda de modo geral é bem plana, portanto você pode economizar optando por usar bicicleta, ou mesmo o transporte público, que diferentemente do Brasil, funciona muito bem, são eficientes, limpos, confortáveis, super pontuais, além de possuírem WI-FI.

Existem cartões ou tickets pré-pagos que deixam sua viagem mais em conta e, no caso das bikes, você consegue fechar planos mensais ou anuais já que em muitas cidades, existem pontos de coleta/entrega de bikes… então  fica a sua escolha como se locomover…. Seja usando o transporte público excelente, bicicletas próprias ou alugadas, patinetes ou a pé mesmo. Porque usar o carro por aqui sai bem mais caro do que qualquer uma dessas opções citadas. E acredito que só valha a pena se você for explorar algum local bem remoto da ilha onde o transporte público não chega… o que é um pouco difícil. Só reforçando que quanto mais longe você morar, mais você vai pagar. Na média você pagará em um trecho ou em uma passagem do transporte público será € 2,50, o que totaliza € 5,00 por dia (ida e volta), mas, você pode e deve fazer o Leap Card, que é valido para todos os transportes e deixa o custo da passage um pouco mais em conta, beleza?.

Não podemos deixar de falar sobre os planos de celulares aqui da Irlanda, uma vez que você precisa ficar conectado, não é mesmo? Pois bem, os planos pré-pagos oferecerem condições excelentes (entre € 15 e €30) e são mais do que suficientes para você fazer praticamente tudo que desejar, pois além de serem bons e baratos, você irá usar e abusar das redes WI-FI que estão disponíveis em praticamente todos os locais que for, seja loja, café, restaurante, transporte público, escola e etc….

Como um Estudante Brasileiro na Irlanda pode conseguir emprego?

Primeiro, para ter a permissão para trabalhar na Irlanda o estudante brasileiro tem que estar matriculado em um curso de 25 semanas (ou superior) e carga horária superior a 15 horas semanais. Além disso, precisa ter IRP (Irish Residence Permit) que já é solicitado na sua chegada junto a imigração, então, assim que conseguir um trabalho, o estudate deverá solicitar o PPS Number (semelhante ao CPF no Brasil).

Mas para conseguir trabalho por aqui, você pode ficar atento ao grupos de Facebook (e outras midias sociais) que frequentemente anunciam oportunidades de trabalho, e além disso, verifique os sites: www.recruitireland.com, www.irishjobs.ie e www.monster.ie

Cartões de desconto

Esta dica é tão importante e válida quanto as anteriores, então não esqueça de fazê-lo sempre que possível e quanto antes, afinal praticamente todos os mercados da Irlanda possuem seu cartão de fidelidade, bem como farmácias e outras lojas por toda a ilha. Você não paga nada para se cadastrar ou receber o cartão e consegue-se ótimos descontos nas compras e/ou em produtos específicos. Para solicitá-lo, você só precisa ter um endereço fixo. Vale muito a pena.

Com todas essas dicas e informações, você que pretende se tornar um Estudante Brasileiro aqui na Irlanda poderá se planejar melhor e chegar mais confidante, não é mesmo?

POSTS RELACIONADOS

Morar

Fazer Intercâmbio e Trabalhar na Irlanda

12/03/2021
Visitar

Os mais Famosos Pubs Irlandeses

14/02/2021
Visitar

O que fazer em Cork, a segunda maior cidade da Irlanda

04/01/2021