Intercâmbio na Inglaterra vale a pena?

Intercâmbio na Inglaterra vale a pena?

07.03.2021

Morar no Reino Unido e fazer intercâmbio na Inglaterra é o sonho de muitos estudantes. Isso porque o país europeu é a casa de instituições de ensino e universidades reconhecidas mundo afora, mas também porque é um destino muito procurado por quem busca ter uma experiência no exterior.

Um intercâmbio na Inglaterra vale a pena?

Acredito que a resposta certa é: sim, claro, com certeza. Fazer intercâmbio na Inglaterra pode ser considerado um divisor de águas na vida de qualquer estudante internacional. Só pelo contato com a língua inglesa e a imersão em uma cultura totalmente diferente já valeria a pena, mas estudar no Reino Unido possibilita muito mais.

Estudar na Inglaterra é poder ficar mais perto de pessoas do mundo todo. Além disso, você terá um acesso mais facilitado a informações, poderá pesquisas em bancos de dados importantes, sem contar na infraestrutura do país e das escolas, universidades e instituições de ensino.

Melhor universidade do mundo

Câmara de Radcliffe
Câmara de Radcliffe, um dos prédios da Universidade de Oxford

De acordo com o Times Higher Education, um ranking divulgado pela Times, a Universidade de Oxford é a melhor do mundo. Porém, existem outras universidades importantes e renomadas no país britânico. 

Por isso, se você quer fazer um intercâmbio na Inglaterra já adianto que opções de excelentes universidades não faltam. Algumas delas são: 

  • Universidade de Cambridge; 
  • Imperial College London;
  • London School of Economias;
  • Universidade de Londres;
  • Universidade de York;

Universidade de Manchester; entre outras.

Motivos que tornam a Inglaterra um excelente destino

Bandeira da Inglaterra

Fazer um intercâmbio na Inglaterra é mergulhar de cabeça num outro mundo. Estudar no Reino Unido, além de excelente para o currículo, faz você conhecer pessoas dos mais diferentes países, ter aulas com professores muito bons e sair de lá com o inglês afiado para o mercado de trabalho e para a vida.

Sem contar que estudar fora é uma boa oportunidade para amadurecer. Agora imagine fazer um intercâmbio na Inglaterra e poder frequentar um curso em uma escola ou universidade com muita qualidade. Pois é, ser um estudante internacional na Inglaterra só abrirá portas para você.

Conheça York na Inglaterra, a histórica cidade medieval.

Custos e gastos do intercâmbio

Contudo, fazer um intercâmbio na Inglaterra não é barato. Uma pergunta que costumo fazer para saber se algo é caro ou barato é: quantas pessoas você conhece que já fizeram ou têm (quando é produto)? Sendo assim, morar na Inglaterra não é barato, principalmente na condição de estudante.

De maneira geral, o acesso a educação na Inglaterra não é barato, especialmente no ensino superior. Tudo tem custo, tudo paga. E a situação se agravou com a saída do Reino Unido da União Europeia (BREXIT), pois os estudantes com nacionalidade europeia agora são considerados estudantes internacionais.

Por isso, os valores são altos sem contar gastos com moradia e alimentação. Para você ter uma ideia, um estudante internacional paga entre £ 26.770 (vinte e seis mil, setecentos e setenta libras – mais de R$ 200 mil reais) e £ 37.510 (trinta e sete mil quinhentos e dez libras – quase R$ 300 mil reais) por ano para estudar na Universidade de Oxford.

Porém, sempre existem opções mais baratas em universidades menos renomadas. Você tem como alternativa a cidade de Nottingham, Manchester, Liverpool, Leeds, entre outras.

Saiba também A importância de ter um seguro viagem para a Europa.

Bolsas e financiamentos

Entretanto, sabendo que os valores são muito elevados, tanto o governo do Reino Unido quanto as universidades desenvolveram programas de financiamento e bolsas de estudo. A ideia é tornar possível que um estudante internacional possa fazer um intercâmbio na Inglaterra.

Mas, para saber exatamente os documentos necessários e como funciona o processo, você precisa primeiro pesquisar no site da universidade onde pretende estudar. Depois, entrar em contato para saber melhor sobre o sistema de apoio do governo e da possibilidade de atribuição de uma bolsa de estudos.

Tente fugir de Londres

Universidade em Liverpool

É claro que quando falamos em fazer um intercâmbio na Inglaterra, a primeira cidade que surge na mente é Londres. Porém, a capital inglesa é uma cidade cara para se viver, principalmente na questão moradia. Por isso, uma dica é tentar fugir de Londres e buscar cidades onde o custo de vida pode ser mais acessível.

Para ajudar indico algumas cidades como: Birmingham, Brighton, Leicester, Nottingham, Liverpool, Manchester, Leeds, York, Newcastle entre outras. Nestas cidades você encontra excelentes universidades e nelas o custo de vida é menor. 

As cidades pequenas da Inglaterra possuem um estilo de vida completamente diferente e você consegue ter muito contato com as pessoas que nasceram lá. 

Descubra 7 passeios para fazer de graça em Londres.

Estudar e trabalhar na Inglaterra

Uma boa notícia é que é possível estudar e trabalhar na Inglaterra. Porém, para que um estudante brasileiro possa trabalhar enquanto estuda, ele precisará aplica para o visto de estudante Tier 4. 

Além disso, a universidade inglesa precisa ter autorização para emitir o CAS (Confirmation of Acceptance for Studies), o documento que comprova a matrícula.

Entretanto, além do CAS, a instituição de ensino da Inglaterra precisa ser reconhecida como uma HEI (Higher Education Institution). Ou seja, precisa comprovar que recebe dinheiro público e investimento do governo. Tal regra exclui as escolas particulares da Inglaterra e que dispõem de cursos de inglês, por exemplo.

Então, se você quer fazer intercâmbio na Inglaterra, deve solicitar o visto Tier 4, mas se optar por estudar em instituições privadas de ensino, não poderá trabalhar legalmente. É importante ter atenção à isso, pois para quem pretende complementar a renda e ganhar umas libras na condição de estudante, deve seguir as regras para não ter problemas.

Um resumo

Fazer intercâmbio na Inglaterra vale muito a pena. Com certeza é uma experiência incrível e viver no Reino Unido, mesmo que por alguns meses, fará de você uma pessoa diferente. É viver em um outro mundo, é ter acesso a boa educação, a uma outra cultura.

Sem contar na possibilidade de viajar dentro do país e conhecer cidades encantadoras. Apesar dos custos serem elevados, certamente estudar na Inglaterra é poder engrandecer o seu currículo. Mas também fazer amigos e compreender que o mundo é feito de conexões, de busca pelo conhecimento e desenvolvimento pessoal e profissional. 
Veja também: 15 curiosidades sobre a Rainha da Inglaterra.

POSTS RELACIONADOS

Visitar

Conheça as margens do Rio Tâmisa e o que fazer

09/07/2021
Morar

Como poupar e transferir dinheiro morando na Inglaterra

09/07/2021
Visitar

Quais os requisitos para visitar a Inglaterra sendo brasileiro

10/06/2021