Como abrir uma empresa na Inglaterra

Como abrir uma empresa na Inglaterra

19.04.2021

O Reino Unido é conhecido por incentivar e promover o empreendedorismo, com milhões de proprietários de empresas autônomas, empresários em nome individual e freelancers. Aliás, o país ocupa a 18ª posição no ranking do Banco Mundial na facilidade para abrir empresas. Contudo, os processos e a documentação para saber como abrir uma empresa na Inglaterra não são tão simples. Aliás, começar um negócio em um país estrangeiro pode ser complexo, especialmente se você estiver fora da União Europeia.

Cultura de negócios no Reino Unido

Negócios na Inglaterra

Dados do governo apontam que o Reino Unido conta com aproximadamente seis milhões de empresas do setor privado. Desde a virada do século, o número de empresas no Reino Unido aumentou em 2,4 milhões. Entretanto, é importante dizer que 75% das empresas do Reino Unido não têm empregados, ou seja, são de empresários autônomos.

Quem pode abrir uma empresa na Inglaterra?

Atualmente, os cidadãos da União Europeia e do Espaço Econômico Europeu (EEE) não precisam de permissão especial para abrir uma empresa na Inglaterra, com exceção dos residentes da Bulgária e da Romênia. Porém, com o BREXIT, processo de saída do Reino Unido da União Europeia, pode ser que as regras mudem.

Se você é de um país fora da União Europeia ou do EEE, vai precisar de um visto. Os possíveis empreendedores podem receber tratamento diferenciado e favorável no sistema de imigração baseado em pontos do Reino Unido, mas você precisará aderir a várias regras para obter o status Tier 1.

Veja 15 curiosidades sobre a Rainha da Inglaterra.

Estruturas jurídicas para empresas no Reino Unido

Estrutura para empresas na Inglaterra

Existe uma variedade de tipos de negócios diferentes no Reino Unido que você precisa conhecer para abrir uma empresa na Inglaterra. Sendo assim, você precisará escolher a opção que mais se ajusta à estrutura da empresa que está pensando em abrir.

Comerciante individual

Se quiser trabalhar por conta própria no Reino Unido ou administrar um negócio por conta própria, você pode se tornar um empresário individual. Como comerciante individual, você pode ficar com todos os lucros do seu negócio, mas deve tomar suas próprias providências para pagar o imposto de renda e a Previdência Social.

Você é pessoalmente responsável por todas as dívidas comerciais. Os freelancers no Reino Unido também são classificados como empresários em nome individual. 

Para trabalhar como freelancer na Inglaterra, tudo o que você precisa fazer é registrar-se como autônomo e se certificar de que paga as quantias certas de impostos e seguro social.

Parceria em geral

Este tipo de negócio envolve a instalação de dois ou mais indivíduos (ou empresas) em conjunto, com responsabilidades partilhadas igualmente entre os sócios. Os lucros também são divididos igualmente, com cada sócio pagando imposto sobre sua participação e solidariamente responsável por dívidas e perdas. Essa estrutura costuma ser adequada para  pequenas empresas.

Parceria limitada

Essas parcerias são semelhantes às parcerias gerais, mas têm pelo menos um sócio geral que dirige o negócio e é pessoalmente responsável por quaisquer dívidas comerciais. A parceria também tem pelo menos um sócio comanditário cuja contribuição é puramente financeira e que é responsável apenas até o valor com que contribuiu.

Parceria de responsabilidade limitada (LLP)

Este acordo de parceria não envolve nenhum dos parceiros sendo pessoalmente responsável por dívidas que a empresa não pode pagar. Esta parceria requer um acordo LLP por escrito e deve ser registrada na Companies House, o órgão responsável por registrar empresas no Reino Unido.

Empresa Privada Limitada (Ltd)

Este tipo de negócio é uma entidade legal separada das pessoas que o administram. As sociedades anônimas são constituídas por meio de registro na Companies House e precisam de pelo menos um diretor e um acionista. As ações da empresa não podem ser negociadas publicamente.

Public Limited Company (PLC)

Os PLCs diferem das sociedades limitadas porque suas ações podem ser negociadas publicamente. Você precisa ter um capital social mínimo de £ 50 mil, com pelo menos 25% pago antes do start-up.

Empresa ilimitada

Para quem quer abrir uma empresa na Inglaterra, é importante saber que esse tipo não é muito comum no Reino Unido. Trata-se de acionistas com responsabilidade conjunta e ilimitada por dívidas comerciais, o que significa que podem ser cobertos com ativos pessoais no caso de os ativos comerciais não atenderem às dívidas.

Empreendimento social

Este é um tipo de negócio no Reino Unido que existe para investir quaisquer lucros obtidos para atender a objetivos de caridade, sociais ou comunitários, em vez de distribuí-los entre os acionistas.

As empresas sociais são estruturadas de forma semelhante às sociedades anônimas e incluem instituições de caridade, cooperativas e empresas de interesse comunitário (CIC).

Salário mínimo e custo de vida na Inglaterra.

Associação não incorporada

Esta é uma forma não registrada e não incorporada de organização sem fins lucrativos que pode incluir grupos voluntários, pequenos grupos comunitários e clubes esportivos.

Empresa offshore

Uma empresa offshore é registrada, estabelecida ou constituída fora de seu país de residência. A incorporação offshore é um processo simples em centros financeiros offshore populares e paraísos fiscais em todo o mundo.

Estruturas offshore podem fornecer uma ampla gama de benefícios para a empresa e seus diretores, mas você precisa pesquisar completamente as regras antes de configurá-las.

Conheça York na Inglaterra, a histórica cidade medieval.

Como abrir uma empresa na Inglaterra como expatriado

Abrir empresa na Inglaterra sendo expatriado

Se você deseja se tornar autônomo ou abrir uma empresa na Inglaterra sendo como estrangeiro, você precisa seguir algumas etapas. Veja abaixo:

1. Verifique se você pode iniciar um negócio legalmente: você precisará certificar-se de que seu status de imigração permite que você abra uma empresa. Para cidadãos não pertencentes à UE / EFTA, isso pode significar garantir que você tenha o visto e a autorização de residência necessários.

2. Escreva um plano de negócios: os empresários do Reino Unido (https://www.gov.uk/set-up-business) precisam de um plano de negócios. Isso o ajudará a determinar se suas ideias de negócios têm probabilidade de sucesso e sustentabilidade. Você precisará pesquisar o mercado e preparar previsões de orçamento. Você pode baixar o plano de negócios e os modelos de previsão de fluxo de caixa no site do governo do Reino Unido.

3. Decida sobre sua estrutura: você precisará escolher a estrutura de negócios que melhor representa sua empresa.

4. Escolha o nome e o endereço de uma empresa: se você for um comerciante individual, pode simplesmente usar seu próprio nome, se desejar. Você precisará de um endereço para registrar sua empresa no Reino Unido para fins fiscais e para entrar no registro da empresa.

Apenas empresas limitadas precisam registrar seu nome, embora outras possam registrar-se como uma marca comercial para impedir que qualquer outra pessoa negocie com o nome.

5. Registre-se com HM Revenue and Customs: você precisará registrar sua empresa no Reino Unido no HMRC para fins fiscais. As sociedades limitadas precisam se registrar na Companies House ao custo de £ 12 (online) ou £ 40 (por correio).

6. Verifique todas as regras adicionais para o seu tipo de negócio: dependendo da natureza do seu negócio no Reino Unido, pode haver requisitos adicionais, como as licenças ou autorizações (por exemplo, para vender comida, tocar música ou comerciar na rua), seguro e regras a serem seguidas se você comprar ou vender produtos no exterior ou armazenar informações pessoais.
Conheça também o condado de Sussex na Inglaterra.

POSTS RELACIONADOS

Visitar

Novas leis do Brexit para os brasileiros

17/08/2021
Visitar

Conheça as margens do Rio Tâmisa e o que fazer

09/07/2021
Morar

Como poupar e transferir dinheiro morando na Inglaterra

09/07/2021