Passo a passo para se mudar para a Holanda

Passo a passo para se mudar para a Holanda

29.11.2020

Pensando em morar na Holanda, mas tem dúvidas do que precisa fazer? Nesse post eu trouxe um passo a passo para se mudar para a Holanda para você se organizar e fazer esse sonho acontecer. Contudo, é muito importante entender que cada caso é diferente, então o meu processo de mudança – minha história na Holanda – pode ser diferente do seu. Por isso recomendo que sempre consulte o site do IND.nl (serviço de imigração) para se informar sobre a sua situação.

Passo a passo para se mudar para a Holanda

1 – Visto 

O primeiro passo para morar na Holanda é ter um visto de longa permanência (MVV), sem ele você só tem direito a ficar no país por 90 dias, tempo que todo brasileiro tem e que se enquadra na categoria de turismo no país. 

Caso você tenha cidadania europeia ( país membro do Tratado de Schengen), você tem direito de morar na Holanda sem visto, só precisa se registrar na prefeitura ao chegar por aqui. 

Os vistos que se aplicam aos brasileiros são de estudo universitário, trabalho, au pair e partner. Infelizmente não é todo mundo que tem direito ao visto de longa permanência e residência na Holanda, existem várias regras a serem cumpridas. Tenho vídeo falando sobre os vistos, custos e condições de cada um deles. 

2 – Moradia

Ao meu ver, o maior desafio de todos. Achar casa na Holanda não é tarefa fácil, principalmente nas grandes cidades: Amsterdam, Rotterdam e Den Haag. Além de ter mais procura do que oferta, o sistema de locação de moradia aqui na Holanda também é diferente do que estamos habituados. Tenho um vídeo sobre isso também, e assim como dito lá, te aconselho a procurar uma moradia de temporada para o primeiro mês. Isso porque você precisa estar aqui para conseguir participar das visitas e também você precisa de um endereço holandês para fazer sua documentação local.

Ah, e por falar em documento, mesmo para quem vai morar na Holanda, é necessário ter um seguro viagem, pois você vai precisar dele para entrar no país e até que esteja inscrito no seguro saúde holandês.

Passa a passo para se mudar para Holanda, item 3 – Plano de Saúde 

Plano saúde é obrigatório na Holanda. Todos os expatriados que chegam à Holanda devem fazer um seguro de saúde no prazo de quatro meses após registro na prefeitura (BSN). Existem muitas opções de planos de saúde na Holanda, o planos básico gira em torno de 100 euros mensais por pessoa, e se você tiver filhos eles estão cobertos – pelo seu plano – até completarem 18 anos. 

Recomendo o site zorgwijzer para comparação do planos de saúde.

4 – Bancos e impostos

Para abrir uma conta bancária na Holanda é necessário ter comprovante de morada e número de cidadão ( BSN). Sendo assim, primeiro você chega na Holanda, acha uma moradia – mesmo que temporária – faz seu registro na prefeitura e só então pode abrir uma conta no banco. Contudo se você quiser abrir uma conta antes de se mudar para a Holanda, pode abrir uma conta móvel em um banco apenas online, como bunq , N26 ou Revolut. O processo leva apenas alguns minutos e você poderá acessar sua conta de qualquer lugar.

Dica extra: Para ajudar a cobrir suas finanças a curto prazo, você também pode precisar transferir dinheiro do Brasil de forma rápida e fácil. Para fazer isso, recomendo o Transferwise, plataforma fácil de usar e tem taxa de câmbio excelente com baixo custo de serviço.

Abrir uma conta no banco pode parecer complicada para expatriados na Holanda pelo tempo do processo. Por outro lado, ser estrangeiro é uma vantagem no que diz respeito ao sistema tributário do país. O valor do imposto que você paga na Holanda depende de quanto tempo você mora aqui. Em geral, a maioria das pessoas paga de 36 a 50% de sua renda para impostos. No entanto, os estrangeiros podem usufruir de uma redução fiscal que lhes permitirá ter 30% da renda não tributada nos primeiros cinco anos de permanência na Holanda.

5 – Idioma

Embora seja muito comum falar inglês nas grandes cidades é importante você saber que o idioma oficial do país é o holandês. Eu não falo holandês, vivo em Amsterdam desde início de 2018, quando me mudei para Holanda, e nunca senti real necessidade de aprender o idioma, que por sinal não é nada fácil. Mas com certeza não é impossível! Tenho plena consciência que aprender a língua local é um sinal de respeito e sem dúvida te oferece novas oportunidades, de trabalho ou mesmo social. Minha sugestão é se mudar para a Holanda, criar sua rotina, sentir suas necessidades e fazer o que te faz feliz. 

6 – Planejamento financeiro

O último item do nosso passo a passo para se mudar para Holanda, talvez pudesse ser o primeiro de todos, mas ficamos aqui com a velha questão do que vem primeiro: o ovo ou a galinha. Fazer um planejamento financeiro é imprescindível para organizar sua mudança para a Holanda, até porque, sinto te informar, mas a vida na Holanda é uma das mais caras na Europa! Mas preciso ser justa e dizer que o alto padrão de vida compensa as despesas.

Por mais tentador que seja fazer as malas e simplesmente vir para a Europa, é preciso ter calma e planejar tudo com calma. Recomendo a leitura: cidades, custo de vida e locomoção na Holanda. E lembre-se seu estilo de vida e o tamanho da sua família definem o tamanho das contas no final do mês. 

Todo processo de imigração inclui uma série de etapas que precisam ser planejadas e executadas com atenção. Não venha para a Holanda antes de ter seu visto aprovado, estar ilegal em um país nunca é uma boa opção. Peça ajuda ao consulado ou a entidade que está relacionada ao seu visto – empresa, universidade, agencia de au pair ou cidadão holandes – para que te auxilie com a documentação no país. Isso fez muita diferença na nossa chegada na Holanda. 

E, por último, tenha em mente que umas das partes mais difíceis de tudo isso será a despedida daqueles que ficam o Brasil. Morar fora do país exige maturidade emocional, é uma mistura de saudades – que nem começou mas já sentimos intensamente – com uma adrenalina pelo novo que está por vir, por mais que você visite sua família e amigos as coisas mudam, e mudam muito. Mas, pelo menos pra mim, valeu demais!

POSTS RELACIONADOS

Visitar

Qual é a diferença entre Holanda e Países Baixos?

18/11/2020
Visitar

Roteiro de 7 dias na Holanda

14/09/2020
Morar

Morar na Holanda: cidades, custo de vida e locomoção

03/09/2020