Morar na Holanda: cidades, custo de vida e locomoção

Morar na Holanda: cidades, custo de vida e locomoção

03.09.2020

Quando pensamos em mudar de país, a primeira questão que nos vem a mente é o custo de vida do novo destino. Pensando nisso hoje quero dividir com você algumas informações importantes sobre morar na Holanda.

Primeiramente, é preciso que você entenda que muitos desses custos variam conforme a cidade e seu estilo de vida.  Amsterdam por exemplo, que é a capital, tem os custos mais altos do país. Outro ponto importante é que, embora eu more na Holanda, eu estou usando os dados do site Numbeo – excelente para comparação de custo de vida em diferentes cidades do mundo – para comparar valores das cidades populares para se morar na Holanda.

Morar na Holanda – custo do aluguel

De acordo como Numbeo, o aluguel médio de um apartamento com 1 quarto em Amsterdam é de €1.260 fora do centro e €1.600  no centro da cidade. A segunda faixa de aluguel mais alta fica em Utrecht (€990 – 1.200), seguida por Rotterdam (€905 – 1.172). E Den Haag tem a menor média de aluguel para um apartamento com 1 quarto, sendo € 840 fora do centro da cidade e € 980 na área central.

Para locação de imóvel é necessário comprovar renda, geralmente de 3 vezes o valor do aluguel.

Custo dos serviços públicos na Holanda

Os serviços básicos (água, luz, aquecimento e lixo) custarão entre 150 e 190 euros por mês nas cidades antes mencionadas. Internet varia entre 30 e 50 euros. Alguns provedores de internet oferecem desconto nos primeiros meses assim como é possível fazer plano pós pago de celular com desconto junto com o pacote da internet para casa.

Custo do transporte na Holanda

Independentemente de onde você morar na Holanda, as cidades usam sistema de transporte integrado, ou seja, se você tem o cartão de transporte de Amsterdam consegue usar o mesmo em Rotterdam. Porém o valor de passe unitário varia entre 3 a 4 euros e tem validade de 1h.

Recomendo adquirir o cartão de transporte da NS – empresa de trem nacional – que irá integrar não apenas o sistema de transporte da sua cidade, mas também os trens do país. Ele é recarregável a e cobrança passa a ser por trecho percorrido. Um aplicativo perfeito para planejar suas viagens, inclusive com noção de custo do trajeto, é o 9292.nl.

Também existem planos mensais e sazonais para aqueles que irão utilizar com mais frequência o transporte público. E, por estarmos na Holanda, não poderia deixar se citar o meio de transporte mais clássico do país: a bicicleta.

Se você quiser comprar uma bicicleta, o custo inicial pode ser de € 50 a 100  para uma bicicleta usada , até centenas de euros para novas. 

A infraestrutura nas cidades holandesas torna possível viver sem carro, mas caso deseje ter um, a média do combustível custa € 1,67 por litro. Além dos impostos aplicados existe os custos de estacionamento, que variam bastante. Indo de 0,10 por hora a 7,50 por hora, no centro de Amsterdam. 

Custo de compras na Holanda

Como o segundo maior exportador agrícola do mundo, a Holanda tem comida em abundância! Mas, embora os alimentos possam estar prontamente disponíveis, a taxa de imposto sobre alimentos é de 9%.

Dizer um custo médio de mercado é difícil pois oscila muito conforme os hábitos alimentares da família, aqui em casa gastamos em média €400 em dois adultos.

Como a maioria das cidades, há uma variedade de mercados que oferecem grande variedade de produtos. Lojas como Lidl e Aldi têm preços mais baixos, mas podem ter uma seleção limitada. Albert Heijn (AH), Coop, Dirk e Jumbo são algumas das lojas mais comuns e todos os bairros tem pelo menos um deles. Lojas como Marqt e Ekoplaza oferecem uma seleção mais ampla de opções orgânicas e gourmet.

Morar na Holanda – Custo do lazer

Assim como as opções para se divertir são os preços também variam bastante, mas vou dar alguns exemplos para deixar as coisas mais claras: o preço médio de um cappuccino é 3 euros. Uma refeição mais em conta gira em torno de 15 euros. Uma taça de vinho € 4,5. Se você gostar de cinema, os ingressos variam em média de 11 a 12 euros por pessoa.

Custo dos cuidados de saúde na Holanda

O seguro de saúde é obrigatório na Holanda , e o plano mais básico custa cerca de 100 € por mês. Obviamente, você pode adicionar serviços ao seu pacote de assistência médica por um custo adicional. Isso pode incluir reembolso de óculos ou lentes de contato, medicina alternativa e fisioterapia. 

O que é importante entender é que o sistema de saúde funciona como um seguro de carro por aqui, com franquia. Então você tem um custo de risco básico (385 euros) que deverá pagar em caso de procedimentos como cirurgia, exames e medicamentos. No caso de serviços básicos como visitar um clínico geral, alguns tipos de medicamentos, exames de sangue e cuidados com a gravidez o plano de saúde cobre sem custo de “franquia”.

Custos médios mensais na Holanda

Para resumir, são muitos os fatores que contribuem para seus custos mensais. Pensando em um cenário de estilo de vida mais enxuto (sem muitas compras, sem academia, jantar fora em ocasiões especiais), estimo um gasto mensal de € 1500,00. Mas se você quiser morar no centro da cidade, com mais saídas de lazer, seus custos mensais podem chegar a pelo menos € 2.800.

O salário mínimo na Holanda é 1.635,60 euros, porém um salario média segundo o Numbeo em Amsterdam é 2.885 enquanto em Rotterdam, Utrecht e Den Haag variam entre 2300 e 2500 euros.

Espero ter te ajudo a entender um pouco mais os custos de morar na Holanda. De forma geral o que posso dizer é que é sim um país mais caro, mas a qualidade de vida oferecida aqui é excelente. Sou apaixonada pela Holanda e qualquer cidade que optar para se estabelecer você será feliz, contudo tenha em mente que cidade menores exigem mais o idioma oficial do país que é o Holandês e não o inglês. Na minha opinião, vivendo nos grandes centros você acaba conseguindo se adaptar mais rápido, pois tem muito expatriado como você.

Se você quiser saber mais sobre o custo de vida em Amsterdam, cidade em que eu moro, clique aqui.
Veja também os lugares que você tem que visitar na Holanda!

POSTS RELACIONADOS

Morar

Passo a passo para se mudar para a Holanda

29/11/2020
Visitar

Qual é a diferença entre Holanda e Países Baixos?

18/11/2020
Visitar

Roteiro de 7 dias na Holanda

14/09/2020