O que trazer das suas férias na França? Os melhores souvenirs para trazer na mala

O que trazer das suas férias na França? Os melhores souvenirs para trazer na mala

15.07.2021

Fim de férias na França. É hora de fechar as malas e voltar para casa: você lembrou de comprar alguns souvenirs da viagem, não lembrou?

Ótimo, agora a pergunta é: tem certeza que você escolheu a lembrancinha certa?

A última vez que voltamos ao Brasil da França, acabamos trazendo na mala um gatinho de porcelana, um “porta-trecos” todo fofinho e delicado que, visto da prateleira super bem decorada da loja, ao som da melodiosa música francesa ambiente, pareceu um presente perfeito para uma menina de dez anos.  

Imagine a minha decepção quando, já no Brasil, vi o mesmo gatinho chinês sendo vendido em um mercadinho de bairro – eu disse mercadinho de bairro no Brasil! E claro, pela metade do preço.

Além de eu ter deixado meus preciosos euros na França e ocupado espaço inutilmente na mala, eu me senti completamente frustrada e arrependida por não ter feito a lição de casa e é por isso que estou aqui para compartilhar essas dicas com você.

Abaixo, você descobre algumas lembrancinhas lindas, saborosas e, claro, autenticamente francesas, para você procurar em diferentes regiões da França e trazer na mala.

Bonne lecture!

Especialidades regionais da França: fuja dos souvenirs importados de outros lugares 

Não é preciso ser nada muito grande, nem valioso, mas um pequeno objeto ou mesmo produto comestível pode teletransportar você imediatamente à França e trazer aquela sensação inebriante e deliciosa que é viajar por esse lindo país.

Além do que, vamos combinar, fazer compras ainda é um dos prazeres mais gratificantes de uma viagem à França, onde lojas, feiras e mercados transbordam de coisas lindas, saborosas e hipnotizantes. É ali – e não em grandes lojas de departamento! – que você encontra as suas melhores memórias da França.

Outra dica infalível: Paris é linda e imperdível,  mas os souvenirs mais originais estão fora da capital. Por isso, aproveite o seu passeio pela região de Champagne, pelo Mont Saint-Michel, na Normandia, ou pelos campos de lavanda, na Provença, para escolher as suas lembrancinhas de viagem.

Abaixo, as nossa sugestões dos melhores souvenirs para você trazer das suas férias na França:

HERBES DE PROVENCE 

Seja você um cozinheiro de mão-cheia ou não, você já deve ter ouvido falar das ervas da Provença.

Esse mix de ervas secas é usado para aromatizar inúmeros preparos e é um dos segredos dos chefs de restaurantes do mundo todo.

As plantas tradicionalmente presentes na mistura são tomilho, alecrim, ‘sarriette’, manjerona e manjericão e eventualmente acrescida de orégano, erva-doce, louro, sálvia e até lavanda.

O que essas plantas têm de diferente das ervas que você cultiva em casa? Elas nascem no solo calcário da zona ensolarada do mediterrâneo e possuem um sabor único. Pode apostar, trazer as ervas da própria Provença é uma lembrança deliciosa, aromática e inimitável da sua viagem à França.


Seguros Promo

ÓLEO DE LAVANDA

E já que estamos falando da Provença, aqui vai mais uma sugestão de suvenir pra você levar o aroma da França com você e lembrar por muito tempo da sua viagem pelo sul do país. 

Estou falando dos óleos essenciais de lavanda. Eles possuem uma fragrância suave e celestial. Serve para aromatizar um ambiente, mas os franceses o utilizam também para tratar resfriados e aliviar dores musculares. 

E se você está tendo problemas para dormir, tente colocar um pouco de óleo de lavanda no travesseiro antes de dormir. De acordo com os franceses, você dormirá como um bebê. 

Mas lembre-se: apenas o rótulo “Óleo Essencial de Lavanda  AOC ou AOP” indica que um produto contém óleos essenciais de lavanda autênticos da Alta Provença.

Se isso tudo for muita “perfumaria” pra você, aposte em um dos preparos culinários típicos da Provença que levam lavanda na composição. Biscuits citron et lavande ou biscoitos de lavanda com limão são lembrancinhas de viagem que fazem sucesso absoluto.

SABONETES DE MARSEILLE

Ainda no quesito beleza, os sabões de Marselha não podem ficar de fora da sua mala. 

Eles são feitos de acordo com uma técnica ancestral que viajou ao longo dos tempos e é, até hoje, muito apreciado, especialmente por ser um produto único, natural e autêntico.

Passeie pelos mercados de rua no sul da França e você descobrirá uma infinidade de aromas e cores de sabonetes de Marselha.

> Leia também: Veja como é morar em Marselha na França

                              Marseille: Conheça as Calanques

MACARONS

Ta aí algo que certamente fariam uma criança de 10 anos bem mais feliz que um gatinho de porcelana, concorda?

Esses biscoitos coloridos e de todos os sabores são um retrato da França contemporânea e certamente são uma excelente ideia para presentear ou trazer um pedacinho doce da sua viagem para saborear e recordar já em casa.

Se quiser fugir dos macarons mais populares e trazer uma lembrancinha ainda mais original, procure pelos macarons tradicionais, feitos com pura farinha de amêndoas e sem adição de corantes e sabores artificiais.

A maior parte das confeitarias e lojas especializadas vendem lindas caixas de presente que, temos certeza, você ficará com pena de abrir, mas ficará feliz ao fazê-lo.

SIDRA DA NORMANDIA 

De passagem pela Normandia? Abasteça sua valise da mais autêntica Sidra de maçã francesa.

Esqueça a imagem que se formou sobre a bebida aqui no Brasil na década de noventa. Na França, o sabor da sidra é completamente diferente e você pode encontrá-la não apenas feita de maçãs ancestrais, como de peras também (procure por “Poiré”). 

Para quem quer algo ainda mais emblemático, uma garrafa de Calvados, a aguardente de maçã típica normanda, pode ser exatamente o que você está procurando. 

Confira outros produtos típicos da Normandia para você colocar na sua lista:

  • La faïence de Normandie: procure pela cerâmica típica da Normandia em uma das muitas Fayenceries da região;
  • Sucre de Pomme de Rouen: o docinho tradicional feito de maçã normanda cuja receita data de 1592;
  • Vestuário de linho: o fio refinado vem das plantações de linhaça da Normandia, uma tradição que remonta o século XVIII;
  • Uma réplica de Claude Monet: depois de visitar a casa de Monet e passear em seu jardim deslumbrante, não deixe de conferir a lojinha de presentes. 

MOSTARDA DIJON

A Borgonha é famosa por seus vinhos e você certamente encontrará lá alguns vinhos maravilhosos para trazer e colocar na sua adega, mas Dijon, a capital da região, é particularmente conhecida pela sua mostarda!

É possível encontrar uma infinidade de mostardas, com sabores que levam desde estragão e vinho branco até cassis e pimenta verde de Madagascar: lindas e saborosas lembranças gastronômicas. 

Mas cuidado: se você quer levar para casa a autêntica mostarda feita com grãos cultivados e colhidos na região francesa, você precisa procurar pelo selo IGP. Na embalagem, a verdadeira mostarda crescida em solo francês, leva o nome de “Moutarde de Bourgogne” e não “Mostarda de Dijon”.

Ainda de passagem pela Borgonha, reserve um lugarzinho na mala para trazer também:

  • Pan d´Epice: traga um exemplar desse pão-bolo da lendária fábrica Mulot & Petitjean, fundada em 1796.
  • Creme de Cassis da Borgonha: para fazer em casa o famoso kir royal ou a brasileiríssima sobremesa de papaia com cassis.

Leia também: Principais Regiões Vinícolas da França: onde ficam, quando e por que visitá-las

AZEITE TRUFADO DE DORDOGNE

Essa é uma lembrança que você possivelmente pensaria em trazer da Itália, certo? Pois saiba que a França também é solo fértil para deliciosas trufas, especialmente na região de Dordonha.

Você até pode ficar tentado a levar a trufa in natura, mas há alguns motivos para não recomendarmos essa prática. Primeiro é que a trufa perde o seu aroma e sabor facilmente; ao chegar em casa, suas roupas poderão estar com perfume de trufas, mas as suas trufas já terão perdido a sua potência.

A segunda questão é que a sua trufa pode ser barrada na hora da chegada no aeroporto no Brasil. Segundo a Vigiagro, fungos são produtos não autorizados a ingressar no Brasil sem documentação sanitária. Somente produtos “industrialmente processados e sem risco de introdução de pragas” podem entrar no território brasileiro.

Por isso, repetimos, a melhor opção é consumir as trufas no local; a segunda melhor opção é levar as trufas para casa mergulhadas em azeite, em embalagem original de fabricação, com rotulagem que possibilite a sua identificação e devidamente lacrada. 

BOINA BASCA

A boina é um dos símbolos nacionais da França, mas é fácil tropeçar em um modelito de algum estilista chinês, especialmente se você mirar as lojinhas de souvenir próximas à Notre Dame ou à Torre Eiffel. 

Se você procura pela autêntica boina francesa, o ideal é procurá-la mais ao sul, especificamente no País Basco, ainda dentro do território francês.

É ali que circular com a famosa boina de lã ou feltro é mais comum que andar com a cabeça descoberta.

Se quiser algum artigo que tenha mais utilidade nos trópicos, opte por um belo par de alpargatas, outro símbolo do País Basco. O sapato utilizado no verão da costa oeste francesa costuma ser feito de lona de algodão, em uma grande variedade de cores e é sempre considerado item “da moda”.

TAPEÇARIA DO VALE DO LOIRE

Você certamente visitará castelos, muitos castelos, ao passar pelo Vale do Loire. E, em cada um deles, você verá dezenas de tapeçarias adornando seus interiores. 

Aí está exatamente essa a nossa última sugestão de souvenir francês: levar um pedacinho desses lindos castelos para o Brasil. Cada um deles tem uma loja de presentes, que vendem lindas tapeçarias que você pode comprar e levar para casa como souvenirs.

Não se preocupe, há várias opções e muitas delas cabem na mala. 

Ah, não esqueça de trazer também uma garrafa de Muscadet, o vinho local do Vale do Loire.

> E se precisar levantar uma grana extra de última hora para comprar aquele item que não estava nos planos, você pode usar a Remessa Online.

E então, gostou das dicas?

É claro que ficaram faltando aqui alguns dos itens luxuosos indissociáveis da cultura francesa, como é o caso do lenço de seda pura Hermès, das bolsas Louis Vuitton ou do emblemático Chanel Nº 5, o perfume mais vendido do mundo.

Mas eles nem poderiam entrar na categoria “lembrancinha”, certo?

Indiscutivelmente, há souvenirs na França para todos os gostos e bolsos, o importante é que eles sejam, em todo caso, made in France.

> Programando sua viagem à França para os próximos meses? Não esqueça de cotar seu seguro viagem com a Seguros Promo!

POSTS RELACIONADOS

Morar

Custo de vida médio para começar a vida na França

14/08/2021
Visitar

As 10 atrações turísticas mais visitadas da França

17/07/2021
Visitar

5 maratonas para amantes da corrida e do vinho na França

16/07/2021