Quais as cidades mais baratas para visitar na Europa?

Quais as cidades mais baratas para visitar na Europa?

03.12.2020

Elas ficam no leste europeu, são cheias de história e dividem um ranking que todo viajante adora: o das cidades mais baratas para visitar na Europa.

De acordo com o European Backpacker Price Index para o ano de 2020, o custo médio diário para ficar em um albergue barato, comer refeições econômicas, usar transporte público e ainda ter um fundo de reserva para entretenimento nos sete destinos do topo dessa lista não ultrapassa 37 dólares.

Barato, não é mesmo?

Mesmo para quem não pretende viajar com a mochila nas costas, esses destinos continuam sendo ótimas opções para uma viagem econômica.

Ficou curioso para saber quais são as cidades mais baratas para viajar na Europa? Então continua a leitura que a gente revela quais são elas para você agora.

1- Bucareste, Romênia

Bucareste, Romênia

Bucareste é um destino perfeito para passar um par de dias sem se preocupar com o bolso. Segundo a pesquisa que mencionamos acima, com menos de 27 dólares ao dia é possível aproveitar a capital da Romênia com seus edifícios imponentes e seu interessante centro histórico.

É em Bucareste que está um dos maiores parlamentos do mundo e um dos maiores parques urbanos da Europa.

O Herastrau Park é a atração número um da cidade e é praticamente de graça. Ali, locais e turistas se perdem entre o verde fazendo longas caminhadas, atividades ao ar livre, tomando um sorvete ou andando de barco no lago do parque.

Além disso, Bucareste fica a algumas horas da famosa Transilvânia, a terra misteriosa, cheia de castelos, do Conde Drácula.

2- Belgrado, Sérvia

Belgrado, Sérvia

Com quase 7 mil anos, Belgrado é uma das primeiras cidades fundadas no continente europeu. Sua história recente é marcada por momentos muito turbulentos que acabaram deixando uma má impressão da cidade e afugentando viajantes.

Para quem se aventura a conhecer a cidade de Belgrado hoje, entretanto, encontra um país seguro, um povo caloroso e um centro urbano animado com preços atraentes.

Na Rua Skadarlija, no bairro boêmio da cidade, por exemplo, é fácil topar com entretenimento ao vivo e música de rua rolando de graça para quem quiser chegar e curtir. O passeio imperdível pela Fortaleza de Belgrado, de onde se avista a confluência dos rios Sava e Danúbio, também é grátis.

Anota aí: a cidade de Belgrado é melhor e mais agradável do que você provavelmente imagina.

3- Sofia, Bulgária

Sofia, Bulgária

Sofia é a capital e a maior cidade da Bulgária e uma pechincha entre as capitais europeias. Por cerca de 5 euros você pode comer nos restaurantes da Vitosha Boulevard, a principal rua da cidade.

A economia é tamanha que o custo de vida no país chega a ser 45% mais barato que na França.

É claro que em termos de atrações turísticas a comparação entre os dois países é desleal. Ainda assim Sofia proporciona uma experiência surpreendentemente agradável com sua atmosfera jovem e seu centro urbano acolhedor para visitantes estrangeiros.

Além disso, a cidade possui uma gama interessante de Galerias de Arte e alguns passeios gratuitos curiosos, como as ruínas romanas de Serdica e a troca de guarda que ocorre em frente ao Gabinete Presidencial.

4- Budapeste, Hungria

Budapeste, Hungria

De todas as cidades dessa lista, Budapeste é a que lidera no quesito custo-benefício. O orçamento necessário para visitá-la é módico ao mesmo tempo que oferece estrutura e atrações de uma cidade turística de nível mundial.

Lá é possível encontrar hotéis ou Airbnb no centro da cidade a partir de €10 a diária. Nos spas menos visitados, é possível se banhar nas águas termais que tornam a cidade famosa por poucos euros.

Já os bares de vinhos animados e econômicos estão por toda Budapeste, ocupando edifícios antigos, às vezes em ruínas, mas cheios de autenticidade.

Para se entreter sem precisar mexer no bolso, as opções são fazer um passeio pela verde Margaret Island no centro da cidade e contemplar a magnífica vista de Budapeste de cima da colina de Gellért Hill.

5- Cracóvia, Polônia

Cracóvia, Polônia

Os preços baixos da cidade, assim como a boa variedade de acomodações e restaurantes, têm atraído cada vez mais turistas a essa que é uma das cidades mais importantes do ponto de vista político e cultural da Polônia.

É uma cidade encantadora, com muito para desfrutar da cultura local. Se a sua viagem estiver marcada entre os meses de maio e setembro, vale a pena conferir a programação do Festival da Noite de Cracóvia (Krakowskie Noce). Durante esses meses, noites culturais especiais acontecem na cidade, com entrada livre para os museus e teatros, além de concertos de jazz e de música sacra sem custo para a população.

6- Riga, Letônia

Riga, Letônia

Riga é um excelente destino de férias, principalmente para quem gosta da vida noturna. Ao contrário dos países dos Bálcãs citados nessa lista, o clima nesse país nortista é mais intimista, um pouco mais reservado, mas essa atmosfera se transforma dentro dos bares e restaurantes descolados da cidade.

Mesmo estando fora do circuito turístico popular europeu, Riga é uma boa opção para quem quer conhecer um destino exótico sem gastar muito dinheiro.

Obviamente que os custos aumentam dependendo do estilo de viagem que se deseja desfrutar. Mas para quem decidir viajar num plano bem econômico, de acordo com a pesquisa que mencionamos acima, menos de 35 dólares são suficientes para bancar as despesas de um dia numa viagem na capital da Letônia.

7- Sarajevo, Bósnia e Herzegovina

Sarajevo, Bósnia e Herzegovina

Assim como Belgrado, a sétima e última cidade europeia da nossa lista de destinos baratos na Europa tem uma imagem pouco sedutora entre os viajantes por conta dos conflitos bélicos que ficaram para trás.

Mas com a sua rica história, sua comida deliciosa e os preços convidativos há uma forte tendência de que esse estigma seja rapidamente superado.

A localização nas montanhas é remota, é verdade, mas também é linda, razão pela qual a cidade é frequentemente chamada de joia escondida.

A cidade velha muçulmana próxima ao centro moderno é muito interessante, incrivelmente acolhedora e barata. Para passar um dia desfrutando de Sarajevo com as despesas de acomodação e alimentação incluídas é preciso desembolsar apenas 36,33 dólares. Mas com o aumento da procura é melhor conhecê-la antes que os preços subam!

Aí está a lista das cidades mais baratas para viajar na Europa, destinos exóticos que oferecem grandes aventuras para pequenos orçamentos.

Quer saber mais sobre as cidades do leste Europeu? Então não deixe de ler o nosso artigo Roteiro no leste europeu, conheça destinos incríveis

Você pode se interessar também:

POSTS RELACIONADOS

Visitar

6 cidades europeias incríveis para visitar pós-pandemia

23/09/2021
Visitar

Guias turísticos pela Europa valem a pena?

18/08/2021
Visitar

Como encontrar a melhor passagem aérea

08/08/2021