Conheça a pequena ilha de Chipre e suas tradições

Conheça a pequena ilha de Chipre e suas tradições

19.05.2021

A terceira maior ilha do Mediterrâneo guarda lugares paradisíacos para visitar. Saiba mais!

A ilha de Chipre fica no Oriente Médio e está no Mar Mediterrâneo, ao sul da Turquia. Sua capital é a cidade de Nicósia e a população é de pouco mais de 1 milhão de habitantes. Conheça a pequena ilha de Chipre, sua beleza, história, como ela faz parte da União Europeia e suas tradições.

Ilha de Chipre

Com um clima temperado do mediterrânico, a ilha de Chipre é um destino de férias bastante procurado pelos europeus. Com verões quentes e secos, conta com temperaturas de até 36ºC e suas praias de águas cristalinas são um convite aos amantes de um bom banho de mar nas férias de verão.

Localizada em um ponto que cruza a Europa, a África e a Ásia, Chipre ocupa uma posição estratégica no Mediterrâneo Oriental. Além disso, está muito bem posicionada em termos geográficos de rotas comerciais importantes, como as que unem a Europa ao Oriente Médio, à Rússia, à Ásia Central e ao Extremo Oriente.

Curiosidades sobre Chipre

Chipre tem uma composição étnica dividida da seguinte forma: grego 77%, turco 18%, outros 5%. Em termos de religião, os grego ortodoxos representam 78% da população, os muçulmanos 18% e as religiões maronita, armênia apostólica e outros 4%.

Da população estimada de aproximadamente 1 milhão de habitantes da ilha de Chipre, cerca de 13% falam o idioma oficial turco e 84% falam o idioma oficial grego, porém o inglês é amplamente falado. A ilha é dividida em duas, e os turcos cipriotas vivem ao norte e os cipriotas gregos ao sul.

Veja a importância de ter um seguro viagem para a Europa.

Relações Internacionais

Quando o assunto é a relação de Chipre com o mundo, o Governo de Chipre está alinhado com a União Europeia no âmbito da sua Política Comum de Negócios Estrangeiros e Segurança. Aliás, desde 1974 que ocorrem esforços do governo em abolir a ocupação militar da Turquia e a subsequente divisão da ilha.

Além disso, a ilha de Chipre mantém relações com Israel e com o mundo Árabe, com países da América Latina e com a África. Chipre é membro de diversas organizações internacionais como a Organização Mundial do Comércio (WTO), Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), ONU, Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional (FMI).

Melhores Países Europeus para abrir uma Startup.

País-membro da União Europeia

A República de Chipre se tornou membro da União Europeia em 1 de Maio de 2004. Aderir ao bloco foi um processo tranquilo e natural para o país, pois seus governos se guiam, não só pela sua cultura, civilização e história, mas também pelo alinhamento com os ideais europeus de democracia, liberdade e justiça.

Chipre conta com uma infra-estrutura moderna e um sistema de leis sólido. Com muitos incentivos fiscais, diversas empresas investem na ilha, pois a baixa criminalidade e altos índices de educação colocam o Chipre no radar das operações para empresas europeias.

Importante dizer que desde que o Chipre aderiu à União Europeia, o país têm feito importantes reformas estruturais que estão transformando a economia local. O comércio e as taxas de juro foram liberalizados acompanhando a abolição do controle de preços e as restrições ao investimento, por exemplo.

Saúde e Segurança Social

O acesso à saúde é gratuito no Chipre para funcionários públicos, refugiados e famílias com baixos rendimentos. Além disso, o sistema de segurança social abrange todos os trabalhadores e os seus dependentes com proteção ao desemprego, doença, maternidade, viuvez, acidentes de trabalho, terceira idade e a morte.

Há também um conjunto de serviços sociais que inclui centros de infância, facilidades para deficientes, habitações gratuitas para refugiados resultantes da invasão militar Turca, subsídios de renda e assistência financeira a organizações comunitárias.

Europa: países com menor custo de vida.
 

Educação na ilha de Chipre

A educação na ilha de Chipre é obrigatória e gratuita até aos 15 anos. O país está muito bem classificado em relação ao ensino superior. 64% dos que completaram o ensino secundário em 2003 continuaram os seus estudos. Mais de metade dos estudantes continuam os seus estudos fora do país, principalmente na Grécia (64,7%), no Reino Unido (17%) e 8,5% nos Estados Unidos.

Cultura

A vida cultural cipriota é intensa. Tanto a literatura, quanto a poesia, a música, a ópera, o drama, a dança, a pintura e a escultura se manifestam fortemente por lá. Há um número interessante de museus, incluindo o Museu Arqueológico em Nicósia e Galerias de Arte.

A Galeria Estatal apresenta uma Coleção do Estado que é permanente e mostra a “Arte Contemporânea de Chipre”, Porém, outras exposições também são apresentadas na galeria de maneira itinerante.

Descubra qual a maior concentração de brasileiros na Europa.

Um pouco da história e da invasão militar turca

Em 15 de julho de 1974 houve um golpe de estrado no Chipre. Os militares gregos aplicaram o golpe no governo democraticamente eleito da ilha e alguns dias depois a Turquia invadia o Chipre para, supostamente, “restabelecer a ordem constitucional”.

Entretanto, os turcos ao invés disso ocuparam 36,2% do território da ilha de  Chipre na parte Norte. O ato foi condenado por diversos países do mundo, principalmente porque foi considerado uma grave violação da lei internacional e da Carta das Nações Unidas.

Desde então, a Turquia não cumpre as resoluções das Nações Unidas que exigem que seja feita a total retirada das tropas estrangeiras da ilha. De ressaltar que a invasão e ocupação turca tiveram consequências nefastas na ilha de Chipre e o problema persiste até hoje.

O Tribunal Europeu de Direitos Humanos acusa e responsabiliza o Governo da Turquia por violações constantes dos direitos humanos em Chipre. Ainda que ocorram reuniões “de paz” para reunificar o país, a Turquia não concorda e a ilha de Chipre permanece dividida.

O governo de Chipre trabalha continuamente para que ocorra uma reunificação da ilha de maneira genuína. Além disso, atua para que a integração da população e da economia no contexto de uma solução funcional e viável.

Conheça as 7 cidadanias europeias mais solicitadas por brasileiros.

POSTS RELACIONADOS

Visitar

6 cidades europeias incríveis para visitar pós-pandemia

23/09/2021
Visitar

Guias turísticos pela Europa valem a pena?

18/08/2021
Visitar

Como encontrar a melhor passagem aérea

08/08/2021