Europa: Visitando cidades coloridas

Europa: Visitando cidades coloridas

21.10.2020

Que tal ir em busca do arco-íris nas próximas férias? 

Cidades coloridas possuem um astral gostoso, estão cheias de curiosidades e a Europa tem um montão delas!

Curioso para saber quais são os destinos mais “instagramáveis” da Europa?

Então prepare seu smartphone ou câmera que nós vamos à descoberta das cidades coloridas da Europa agora!

9- Sighisoara, Romênia

Comecemos nossa lista por Sighisoara, um dos destinos mais populares da Romênia. 

A colorida Sighisoara é um dos destinos mais populares da Romênia

Ela fica no centro da Transilvânia e, sim, tem ligação com o vampiro mais famoso do mundo. 

A cidade murada com magnífica arquitetura medieval e inúmeros edifícios pintados em tom pastel é conhecida por ser a cidade natal do sanguinário Conde Vlad III, que inspirou “Drácula”.

A cidade que tinha tudo para ser cinza e sombria é curiosamente uma das cidades mais coloridas da Europa.

8- Burano, Itália

Quando se fala em cidade colorida, não há como não lembrar de Burano!

Uma das mais belas cidades coloridas da Europa. Cortada pelos canais da Lagoa de Veneza com suas tradicionais gôndolas, a cidade colorida de Burano é algo único no mundo.

Essa pequena vila de pescadores próxima a Veneza, na Itália, é uma grande paleta urbana tingida de amarelo e de fúcsia, de verde-azulado e rosa-alaranjado. 

Os autores da obra foram os próprios pescadores que resolveram utilizar tintas de cores brilhantes para pintar suas casas. O motivo era simples: as cores ajudavam na hora de localizar seus lares em dias de fortes nevoeiros. 

Para manter a tradição – e o fluxo de turistas – a Câmara Municipal decidia, no passado, quais cores cada casa podia ser pintada. Hoje, a restrição é mais flexível e cada família pode expressar seu lado artístico e escolher a cor da própria casa.  

Seja como for, as cores de Burano definitivamente merecem proteção legal. Cortada pelos canais da Lagoa de Veneza com suas tradicionais gôndolas, a cidade colorida de Burano é algo único no mundo.

7- Manarola, Itália

É ainda na terra de Michelangelo que fica outro pedacinho do arco-íris europeu.

Manarola é uma das cinco cidadezinhas centenárias que formam o Cinque Terre. Lindas cidades coloridas da Europa.

Com cerca de trezentos e cinquenta habitantes, Manarola é uma das cinco cidadezinhas centenárias que formam o Cinque Terre. 

Ao lado do azul do mediterrâneo e o verde das montanhas, a paisagem se completa com as casas penduradas nas encostas dos penhascos em tons desbotados de amarelo, rosa e laranja. Um verdadeiro espetáculo!

6- Júzcar, Espanha

Tudo nesta cidadezinha espanhola na Andaluzia – incluindo a Prefeitura, a Igreja e a entrada do cemitério – é azul. E a razão é bem curiosa.

A cidade de um pouco mais de 200 habitantes foi eleita para fazer parte de uma ação de marketing para a estreia do filme Smurfs 3D. Só que, passado o período promocional, e vendo aumentar de forma espantosa o número de turistas, a cidade decidiu manter as cores e o título de “Vila dos Smurfs”. 

A história ganhou repercussão mundial e chegou aos ouvidos dos herdeiros de Peyo, o criador dos Smurfs, que passaram a pleitear os royalties pela exploração da marca. Sem um acordo viável entre os interessados, em 2017, os Smurfs – assim como Gargamel – tiveram que fazer as malas e se mudar definitivamente da vila andaluza.
Júzcar, entretanto, permanece pintada de azul e aparentemente não perdeu a sua magia. A “Aldea Azul”, como agora é conhecida, se converteu em um parque de aventuras e continua recebendo milhares turistas.

5- Menton, França

Localizada na fronteira com a Itália, próxima ao Principado de Mônaco, essa cidade francesa é dona de uma colorida autenticidade.

Diante do velho porto, onde ancoram barcos, iates e veleiros, as fachadas das casas se erguem em diversos tons de salmão e cereja em contraste com as janelas verdes e azuis. 

Menton é uma cidade colorida, mas cheia de charme.

O resultado é uma cidade colorida, mas cheia de charme. Um balneário visualmente alegre, com clima festivo e ao mesmo tempo de atmosfera requintada: uma perfeita representação arquitetônica da junção das culturas italiana e francesa.

4- Wroclaw, Polônia

Cracóvia e Varsóvia são as maiores cidades turísticas da Polônia, mas Wrocław ganha os visitantes por seu visual colorido.

O grande destaque fica por conta da praça do mercado medieval de Rynek, no coração de Wrocław, repleta de casas geminadas, de três andares, cheias de detalhes e cores vivas. 

No coração de Wrocław, repleta de casas geminadas, de três andares, cheias de detalhes e cores vivas.

Para quem se deixa enamorar pela fachada das casas de Wroclaw logo percebe sua peculiaridade que vai além da multiplicidade de cores: apesar de estarem lado a lado e reunirem o mesmo estilo arquitetônico, nenhuma é igual a outra.

Seu charme único, a arquitetura magnífica e as cores brilhantes, a tornam uma das cidades mais bonitas da Polônia.

3- Longyearbyen, Noruega

Ao contrário de Wroclaw, na cidade norueguesa de Longyearbyen, as casinhas multicoloridas são todas iguais, mas num cenário completamente diferente.

Situada no arquipélago de Svalbard, quase no Polo Norte, a cidade conhecida por ser a última ao norte do planeta, tem pouco mais de dois mil habitantes e um clima bastante adverso.

Com temperaturas máximas próximas de zero durante o verão e neve permanente, a fileira de casinhas coloridas de Longyearbyen se destaca em meio à natureza selvagem do Ártico.

Para quem quiser ver a cidade ao vivo e a cores, aqui vão algumas dicas importantes:

  • por conta da oferta limitada de alojamentos na cidade, reserva em hotéis são obrigatórias antes de partir;
  • leve cartões de memória de reserva para as milhares de fotos que irá fazer das casinhas coloridas;
  • faça um passeio de trenó puxado por cachorros e tome cuidado com os Ursos Polares!

2- Costa Nova, Portugal

A terrinha dos nossos queridos portugueses é tomada pelas cidades cuja arquitetura se destaca pelo mar de azulejos brancos e azuis.

Não é esse o caso, porém, de Costa Nova.

Essa cidade litorânea de Aveiro é conhecida pelas suas graciosas casinhas de madeira, pintadas em listras de cores vivas que se alternam com o branco.

Essa cidade litorânea de Aveiro é conhecida pelas suas graciosas casinhas de madeira, pintadas em listras de cores vivas que se alternam com o branco.

Construídas anos atrás por pescadores para abrigar os instrumentos de pesca, essas casinhas à beira mar são, hoje, alegres moradas ​​de surfistas e famílias em férias.

1- Copenhagen, Dinamarca

A última cidade da nossa lista tem um dos cartões postais mais coloridos de toda a Europa. 

Aqui, porém, as cores têm um papel ainda mais importante que apenas criar um cenário fotográfico espetacular para os turistas.

As pinturas vibrantes tem a função de adicionar luz, alegria e vitalidade aos dias escuros de inverno rigoroso da Escandinávia.

É por isso que a cidade inteira conta com ruelas coloridas escondidas, embora o ponto icônico de Copenhagen fique mesmo no famoso porto de Nyhavn. O que era um importante local de comércio marítimo no passado se transformou nos últimos anos em um imenso atelier ao ar livre.

Uma das cidades coloridas da Europa, destacada neste ponto icônico de Copenhagen, o famoso porto de Nyhavn.

Hoje, ao lado dos prédios históricos pintados em tons fortes de amarelos, verdes e vermelhos, moradores, turistas e artistas de rua se encontram para bater um papo, tomar uma bebida e celebrar a vida que – em qualquer lugar do mundo – há de ser igualmente vibrante, mágica e colorida.

E assim chegamos ao final da nossa viagem pela escala Pantone! 

Esperamos que nas suas próximas férias você possa ver, sentir e viver de pertinho todas as nuances dessas incríveis cidades coloridas da Europa.

Não deixe de ler também:

POSTS RELACIONADOS

Empreender

Vídeo: Por que os brasileiros deveriam empreender na Europa

25/11/2020
Visitar

Viajando pela Europa de carro

16/11/2020
Visitar

Eisriesenwelt, a maior caverna de gelo do mundo

07/11/2020