Viver com Salário Mínimo na Espanha: Será que vale a pena?

Viver com Salário Mínimo na Espanha: Será que vale a pena?

04.08.2020

Se você deseja saber qual é o salário mínimo na Espanha e se vale a pena se mudar para o país, escrevemos esse artigo pensando em esclarecer suas dúvidas.

A Espanha é um dos destinos mais buscados por brasileiros que querem morar na Europa, seja pela qualidade de vida no país, ou mesmo pela familiaridade cultural. 

De fato, com um excelente sistema público, infra-estrutura de qualidade e baixo custo de vida, a Espanha é muito atrativa. Vamos contar para você se é possível viver com o chamado salário mínimo interprofissional e quais são os principais gastos mensais, dentre outros detalhes que podem ajudar seu planejamento.

Quanto é o salário mínimo na Espanha?

O salário mínimo na Espanha foi reajustado para 950 euros, em 2020, o que significou um aumento de 5,5% em comparação com o ano anterior. Isso é um reflexo do constante aumento ao longo dos últimos anos.

Mas, o chamado sueldo mínimo interprofesional (SMI) é o que legalmente se estabelece como o valor mais baixo que os empregadores podem pagar seus funcionários. Assim, o valor legal definido para um trabalho semanal de 40 horas não pode ser reduzido por um acordo coletivo ou por um acordo individual entre o empregador e o trabalhador.

Ademais, também é frequente receber mais que o mínimo estabelecido, podendo o valor ascender conforme o cargo ocupado. De fato, a média salarial é maior que o salário mínimo na Espanha, como veremos a seguir.

Plaza de España em Sevilha, entre as várias possibilidades acessíveis de passeio e lazer na Espanha
Plaza de España em Sevilha, entre as várias possibilidades acessíveis de passeio e lazer na Espanha 😉

Qual é a média salarial?

Aponta-se que o salário médio líquido, em 2020, é de 1,3 mil euros. Além disso, é importante lembrar que o empregador realiza 14 pagamentos. Isso mesmo! Se você já curte receber o 13o no Brasil, imagina só receber um mês extra? É uma grande vantagem.

É muito comum que se divulgue o valor anual de pagamento, considerando até o 14o salário. Dessa forma, lembre-se de dividir o valor por 14 e não 12, para saber qual será o seu pagamento mensal.

Além disso, conforme sugeriu a Ministério da Fazenda, o objetivo é que mais aumentos do salário mínimo sejam negociados nos próximos anos, a fim de que o SMI tenha um incremento de 60% no final da legislatura, como o Executivo prometeu. Este objetivo levaria o salário mínimo na Espanha a ser entre 1.000 e 1.200 euros. Mas, será que atualmente é possível viver com um salário mínimo na Espanha? A seguir vamos analisar o custo de vida médio por mês, no país.

Quais são os custos médios mensais?

Os serviços públicos na Espanha são excelentes. Então, poder contar com saúde e educação públicas de qualidade já aumenta o poder de compra, porque não há a necessidade de desembolsar um grande valor para ter a prestação desses serviços. 

Mas, se você pretende se mudar para a Espanha, pode ser que seja necessária a contratação de um seguro internacional ou de um plano de saúde no país. A vantagem é que o custo mensal de um plano privado também é muito inferior à média que se paga no Brasil.

Confira aqui nesse texto como funciona o sistema de saúde na Espanha e aqui como tramitar o Cartão Europeu de Saúde. 

Se você irá alugar um apartamento, pode haver uma diferença significa do valor, ultrapassando mil euros em regiões centrais de Madrid, e reduzindo para menos da metade em cidades menores.

Gastos com alimentação também dependerão do lugar. Mas, é possível realizar um boa compra semanal com menos de 100 euros. Em relação à vestimenta e lazer, por exemplo, há excelentes opções, acessíveis a todos os gostos.

Zaragoza, Espanha: variedade de opções nas áreas comerciais da cidade
Zaragoza, Espanha: variedade de opções nas áreas comerciais da cidade.

É possível viver com um salário mínimo na Espanha?

Diferentemente do Brasil, o salário mínimo na Espanha parece se ajustar muito mais à realidade de gastos mensais. É possível se manter com o SMI, mas o local de residência e as escolhas particulares vão fazer muita diferença, claro. 

Por isso, também é importante pesquisar bem e planejar com antecedência. Pensando em auxiliar você a decidir onde morar na Espanha e conhecer mais sobre a vida no país, escrevemos alguns textos sobre esse assunto também.

Confira:

As 10 melhores cidades para morar na Espanha 

Principais cidades e custo de vida na Espanha 

Como é morar na Espanha 

Onde morar na Espanha: Madrid ou Barcelona?

É possível viver com um salário mínimo na Espanha?

Como trabalhar legalmente na Espanha?

Se você deseja trabalhar na Espanha, é importante saber como imigrar de forma regular. Você precisará de um visto de trabalho para exercer atividade profissional, podendo ser por conta alheia ou própria, como se denomina no país. 

Será importante ter um contrato de trabalho ou apresentar um plano de negócios, respectivamente, além de cumprir demais requisitos. Dependendo do caso, o profissional pode se beneficiar da lei de profissionais altamente qualificados também.

Além disso, em outras situações, como no caso de familiar de europeu, há a possibilidade de pedir diretamente na Espanha uma autorização de residência, que permite trabalhar no país.

Leia nosso artigo sobre vistos e autorizações de residência na Espanha também.

Dicas para conseguir um emprego

Agora que você já sabe qual é o salário mínimo na Espanha e o custo médio de vida, você deve estar se perguntando como conseguir um emprego no país. 

Para busca de postos de trabalho e pesquisa das ofertas existentes, as seguintes plataformas costumam ser bastante utilizadas na Espanha:

https://www.indeed.es

https://www.infojobs.net

https://www.infoempleo.com

https://www.manpower.es/ManpowerEspana/registro

Acreditamos ser válido conferir as empresas espanholas associadas à Câmara Espanhola de Comércio e acessar seus respectivos sites também, para identificar as possibilidades de emprego e os requisitos:

https://www.camaraespanhola.org.br/associados/#

Desta forma, será possível se preparar para a realização das candidaturas conforme as exigências, identificando previamente as empresas que já possuem atuação no Brasil e que podem ter especial interesse na contratação de brasileiros.

Se deseja confeccionar um CV em espanhol, uma boa ferramenta é o Europass: https://europass.cedefop.europa.eu/es

Por fim, lembre-se de já começar os estudos da língua espanhola, porque isso certamente ampliará suas possibilidades.

Auxílios governamentais em tempos de pandemia

Quem já mora na Espanha pôde se beneficiar de uma série de auxílios durante e depois do estado de emergência, em razão dos reflexos da pandemia. 

O Governo destinou verbas para garantir as condições necessárias de subsistência dos espanhóis e estrangeiros residentes. Inclusive para os trabalhadores autônomos, uma série de benefícios foram concedidos.

Auxílio em razão dos reflexos da pandemia. Cliente se protege com máscara enquanto faz compras no supermercado.
Cliente se protege com máscara enquanto faz compras no supermercado.

De fato, foi disponibilizada a maior quantidade de recursos econômicos da história da Espanha para mitigar os efeitos da pandemia. Dessa forma, apesar das dificuldades enfrentadas pelas empresas, o Estado está disponibilizando muitos recursos, bem como a própria União Europeia.

Conclusão

A resposta pública aos reflexos da pandemia demonstra também porque a Espanha é um país tão atrativo. Além disso, a estrutura supranacional de garantia de direitos que representa a União Europeia gera uma harmonização em relação à proteção de direitos sociais. 

Há uma série de benefícios por trabalhar na Espanha, a começar por ter acesso ao sistema público de saúde em outros países da União Europeia, beneficiando-se da livre circulação de mercadorias, capitais e de pessoas.

Além disso, apesar de existirem salários mínimos mais altos em demais países europeus, a média da Espanha é excelente, até porque o custo de vida no país não é tão alto como nestes outros países. 

Saber que depois de dois anos de residência você poderia até adquirir a nacionalidade espanhola é um grande atrativo. Então, se você deseja morar na Espanha, comece agora o planejamento e conte com nossa assessoria.

Serviço de vistos para Espanha e nacionalidade espanhola.

POSTS RELACIONADOS

Empreender

Franquias na Espanha: Guia para Empreendedores

11/09/2020
Empreender

Empreender na Espanha: Quais as melhores áreas?

05/09/2020
Empreender

Como e onde investir na Espanha

23/08/2020