Salário mínimo na Alemanha, é possível viver com ele?

Salário mínimo na Alemanha, é possível viver com ele?

21.02.2021

Pode não ser o país que melhor paga na União Europeia, mas a Alemanha está entre os 5 países com maior salário mínimo do bloco europeu. Mas será que é possível viver com um salário mínimo da Alemanha? Vamos te contar a realidade daqui!

Quanto é o salário mínimo na Alemanha?

Bandeira da Alemanha

Para você saber quanto é o salário mínimo na Alemanha, você tem que fazer uma conta com base na hora salarial, que atualmente custa €9,50 e deve aumentar gradualmente até 2022, para €10,45. 

A conta é a seguinte: € 9,50 x 39,1 horas semanais x 52 semanas / 12 meses, ou seja, o salário mínimo na Alemanha (bruto – sem desconto de impostos) é de € 1.609,62.

Agora, vale lembrar também que o valor da hora salarial pode variar de empregador para empregador, mas o valor mínimo, previsto em lei, é o que falamos acima e pode ser acompanhado aqui, também. 

Assim, se você receber uma proposta de emprego na Alemanha, nunca aceite valor menor que € 9,50 a hora, ok?

E o salário líquido, descontando os impostos?

Se tem uma coisa que a Alemanha gosta de fazer é cobrar impostos e como são muitos, há algumas ferramentas online que te ajudam a calcular o salário líquido, como a Gehaltsrechner, Gross Net tax Calculator ou a Brutto-Netto-Rechner , todas em alemão, mas com a ajuda do Google Tradutor é fácil de preencher.

Fazendo uma conta simples, com base em um salário mínimo na Alemanha, uma pessoa solteira, sem filhos, com aproximadamente 35 anos, que possui uma religião (importante, pois há um imposto para quem tem religião aqui na Alemanha) e que trabalhe 39 horas semanais, ganhará em média €1.200,00 de salário líquido.

Agora que já sabe quanto é o salário mínimo na Alemanha, vamos saber se é possível sobreviver com ele por aqui!

E se quiser comparar os salários da União Europeia, confira aqui o relatório com o comparativo entre os países do bloco.

O que eu consigo fazer com um salário mínimo na Alemanha?

Euro

Segundo um estudo publicado pela DE Statis – Statisches Bundesamt (Escritório Federal de Estatística), os gastos mensais de uma família alemã, em 2019, girou em torno de €2.574,00 por mês, valor este que é composto pelos seguintes gastos:

Alimentos, bebidas, produtos de tabaco e similar€356,00
Roupas e sapatos€106,00
Habitação (aluguel), energia, manutenção doméstica€890,00
Acessórios internos, eletrodomésticos e outros itens€141,00
Saúde€104,00
Transporte€351,00
Correios e Telecomunicações€65,00
Lazer, Diversão e Cultura €284,00
Educação€21,00
Serviços de hospedagem e restaurante€157,00
Outros bens e serviços€98,00

Gastos para uma família

Com base nos dados da tabela, imaginando que em uma família composta por 4 pessoas, se apenas um dos membros trabalhar, ganhando um salário mínimo, fica claro que a conta não vai bater.

Assim, necessariamente pelo menos dois membros da família deverão trabalhar, para que a conta fique no azul, e para que seja possível levar uma vida simples e sem luxos na Alemanha.

Vale lembrar que, quando dois membros da família trabalham, havendo filhos, deverá se pensar na logística sobre quem poderá cuidar da criança, se ela ainda não estiver em idade escolar (a partir dos 3 anos) e, havendo a necessidade de pagar uma babá ou creche particular, tal despesa também encarecerá a lista de gastos e pode ser que a conta não bata de qualquer forma.

Ajuda para quem tem filhos

Na Alemanha, quando se tem um filho, você pode requerer o benefício infantil (Kindergeld), que é um valor pago pelo governo alemão, por cada filho, até que ele atinja a maioridade (18 anos), podendo ser prorrogado até os 25 anos, se ficar provado que o filho ainda mora na casa dos pais e está estudando.

Em 2021, os valores do Kindergeld são os seguintes:

  • 1ª criança: 219 euros
  • 2ª criança: 219 euros
  • 3ª criança: 225 euros
  • a partir da 4ª criança: 250 euros

Ou seja, mesmo ganhando apenas um salário mínimo, a família ainda pode ter direito ao  benefício infantil, o que alivia um pouco a conta bancária.

Gastos para uma pessoa solteira e sem filhos

Quando se tem uma família, onde somente um dos membros trabalha, recebendo um salário mínimo na Alemanha, vimos que a conta não fecha.

Será que a conta fecha para quem é solteiro e sem filhos?

Vamos fazer uma conta rápida! 

Se uma pessoa solteira e sem filhos ganha os €1.200,00, que é aproximadamente o salário mínimo na Alemanha (líquido), e ele tem pagar os gastos da tabela acima (para uma pessoa e não 4 pessoas de uma família), teremos as seguintes despesas:

Alimentos, bebidas, produtos de tabaco e similar€120,00
Roupas e sapatos€50,00
Habitação (aluguel), energia, manutenção doméstica€800,00
Acessórios internos, eletrodomésticos e outros itens€35,00
Saúde€52,00
Transporte€88,00
Correios e Telecomunicações€30,00
Lazer, Diversão e Cultura €150,00
Educação
Serviços de hospedagem e restaurante€70,00
Outros bens e serviços€98,00
Total de gastos (sem luxos)€1.493,00

Ou seja, a conta aqui também não bate, isso porque não foram considerados gastos com educação. 

Mas calma! Vamos tentar provar que é possível viver com apenas um salário mínimo na Alemanha, desde que a sua vida seja uma vida sem luxos. 

E se quiser mais, já falamos aqui no Conexão Europa sobre o custo de vida para viver na Alemanha, para você poder fazer os cálculos!

Como economizar, quando se ganha um salário mínimo na Alemanha?

Economizar dinheiro

Para que uma pessoa possa viver com apenas um salário mínimo na Alemanha, há algumas formas de economizar nos gastos mensais!

Vamos para algumas dicas:

  • Aluguel: talvez a moradia consumirá grande parte do seu salário, então, buscar bairros mais afastados para morar, ou procurar dividir o apartamento com alguém (Wohngemeinschaft – WG), pode ser uma boa alternativa! 
  • Alimentação: o mercado na Alemanha não é tão caro, e cozinhar em casa a maior parte da semana é excelente para economizar nas contas e não gastar absurdos em restaurantes caros.
  • Roupas e sapatos: aos amantes das comprar e de roupas novas, na Alemanha, além da rede irlandesa da Primark, que oferece roupas bem baratas, você ainda encontra grandes opções de brechós – como a rede Humana, que pode ser uma ótima alternativa para economizar!   
  • Mobília e eletrodomésticos: além da Ikea, famosa pelos móveis bons e baratos, você ainda pode encontrar preços muito baratos no “ebay kleinanzeigen”, que nada mais é do que um espaço, onde você pode encontrar objetos que estão sendo vendidos em locais perto de você. Os objetos podem ser usados ou não, e geralmente os preços são ótimos!

Com estas dicas de economia, colocando todas as despesas na ponta do lápis, possivelmente você conseguirá viver, ganhando apenas um salário mínimo na Alemanha, mas claro que tudo que falamos aqui, dependerá do seu estilo de vida e de consumo.
Se você ficou com vontade de morar e viver na Alemanha, nós podemos te ajudar no processo, para embarcar neste sonho! Confira nossos serviços.

POSTS RELACIONADOS

Morar

Como levar o meu cachorro para a Alemanha

10/09/2021
Visitar

Minijob na Alemanha: o que é e como funciona

03/09/2021
Visitar

Qual a melhor época para visitar a Alemanha

01/09/2021